Energia Renovável

Produção das barragens abastece 11% do consumo de eletricidade em 2017

A produção de energia renovável das barragens representou em 2017 11% do consumo total de eletricidade. A produção renovável total abasteceu 40% do consumo.

NUNO VEIGA/LUSA

A produção renovável abasteceu 40% do consumo em 2017, com as barragens a representarem 11% do consumo, as eólicas 23%, a biomassa 5% e as fotovoltaicas 1,6%, de acordo com dados da REN.

Devido às condições hidrológicas extremamente negativas, o índice de produtibilidade hidroelétrica situou-se em 0,47 (média histórica igual a 1), que é o terceiro valor mais baixo dos registos da REN – Redes Energéticas Nacionais, sendo apenas superado pelos verificados em 1992 e 2005. Em contrapartida, em 2017 o índice de produtibilidade eólica foi de 0,97 (média histórica igual a 1).

A produção não renovável abasteceu os restantes 60% do consumo, repartido pelo gás natural, com 34%, e pelo carvão, com 26%. O saldo exportador registado em 2017 equivale a 5,4% do consumo nacional, segundo os dados da gestora da rede elétrica.

Em dezembro, o consumo de energia elétrica registou um crescimento homólogo de 4,1%, suportado por temperaturas inferiores às verificadas no mesmo mês do ano anterior, e, corrigidos os efeitos de temperatura e número de dias úteis, o consumo regista ainda assim uma evolução de 2,8%.

Em 2017 o consumo nacional de eletricidade totalizou 49,6 Terawatt-hora (TWh), com um crescimento de 0,7% face ao ano anterior, sendo o terceiro ano consecutivo de crescimento, ficando o consumo a cerca de 5% do máximo atingido em 2010, refere a empresa liderada por Rodrigo Costa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Pobreza

Em nome dos filhos

Diogo Prates

Esta é a oportunidade da direita portuguesa, conseguir com um discurso simples mas eficaz apagar de vez a imagem de que a esquerda é a única que se preocupa com os mais pobres e desfavorecidos. Não é.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site