IMI

IMI. 52 autarquias vão baixar a taxa em 2018

109

Os contribuintes de 52 autarquias vão pagar menos imposto municipal de imóveis em 2018. Mas em alguns casos, as descidas aplicadas pelas câmaras são residuais.

NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

No ano a seguir às eleições autárquicas, 52 autarquias vão baixar a taxa de Imposto Municipal de Imóveis (IMI) cobrada nos seus concelhos. O número é avançado pelo Dinheiro Vivo que acrescenta que a maioria das autarquias já está a praticar a taxa mínima de 0,3%, tendo 234 concelhos mantido as mesmas taxas.

Entre o número de câmaras que decidiu mexer nas taxas apenas nove optou por agravar o IMI, de acordo com os dados do Portal das Finanças consultados pelo Dinheiro Vivo que mostra o mapa das subidas e descidas deste imposto que vão ser aplicadas este ano.

As novas taxas vão começar a sentir-se em abril, quando os contribuintes recebem a primeira prestação do imposto para pagar. Mas em alguns casos, as descidas são quase simbólicas, como Arruda dos Vinhos que baixou o IMI de 0,389% para 0,385%. Já Celorico da Beira protagoniza uma das maiores descidas, baixando a sua taxa de 0,5% para 0,4%.

Ainda de acordo com o levantamento feito pelo Dinheiro Vivo, há cada vez mais autarquias a permitirem descontos no IMI aos residentes que têm dependentes. São já 232.

As autarquias podem variar a taxa de IMI que cobram entre os 9,3% e os 0,45%, mas em caso de desequilíbrio financeiro, como se verifica, por exemplo, em Portimão e Santarém, a taxa tem de estar no valor máximo de 0,5%.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eutanásia

Eutanásia: uma falsa compaixão

João Muñoz de Oliveira

Todos sabemos que a vida não nos pertence por completo: foi-nos dada pelos nossos pais como um dom, pelo que não temos domínio absoluto sobre ela. E este ponto reforça os argumentos contra a eutanásia

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site