Presidente Trump

Donald Trump vai ao médico. Será que é mesmo “o indivíduo mais saudável alguma vez eleito”?

105

Trump vai realizar exames físicos esta sexta-feira, os primeiros enquanto presidente dos EUA. Antes de ser eleito disse-se que tinha "saúde de ferro", mas os rumores de sedentarismo geram dúvidas.

SHAWN THEW/EPA

Esta sexta-feira Donald Trump vai ao médico. Não, Trump não está doente: trata-se apenas de um exame de rotina normal, o primeiro do presidente desde que exerce o cargo. O estado de saúde do Presidente dos Estados Unidos já é, por norma, motivo de notícia, mas os rumores de que Trump consome grandes quantidades de ‘Diet Coke’ e ‘fast food’, não pratica muito exercício físico e dorme apenas cinco horas por noite têm aumentado o interesse sobre a saúde do Presidente — ainda que se tenha apresentado com “saúde de ferro” no programa do ” Dr. Oz”, antes de ser eleito.

O famoso Dr. Oz não foi a única pessoa a considerar que Donald é uma pessoa extremamente saudável. Durante a campanha o seu médico garantiu que seria “o indivíduo mais saudável alguma vez eleito” e, atualmente, o seu gabinete — e o próprio, claro — garantem que Trump tem bastante ‘stamina’ para ser presidente. Quanto às acusações de que lhe falta saúde mental, e em resposta a situações descritas no livro “Fire and Fury”, Trump afirma ser não só “muito inteligente”, mas também um “génio bastante estável”.

Se Trump é ou não o arquétipo de saúde apenas o médico da Casa Branca o poderá dizer — mas, como acontece com todos os pacientes, apenas o Presidente o poderá revelar. Não existe nenhum padrão quanto àquilo que é ou não revelado, mas, se se mantiver a tendência que houve com outros presidentes, é possível que se saiba dados simples como altura, peso, colesterol, entre outros.

Sarah Huckabee Sanders, a Secretária de Imprensa da Casa Branca, afirma que se seguirão processos semelhantes àqueles que foram seguidos com Bush e Obama. Segundo o The New York Times, se se revelar tanto quanto foi revelado com outros presidentes, será possível perceber qual o efeito do alegado sedentarismo de Trump na sua saúde. Mas, porque os exames são apenas físicos, nada se saberá sobre o estado da saúde mental do presidente.

Houve casos em que médicos presidenciais esconderam doenças, escreve o NYT, que dá o exemplo de Franklyn D. Roosevelt. O 32º presidente dos EUA revelou que tinha poliomielite, mas nada se soube sobre os altos níveis de pressão arterial que levaram a que sofresse de insuficiência cardíaca.

Algo que não foi revelado pela equipa de Trump, ao contrário do que tem acontecido com outros presidentes, foi quem serão os nomes e as respetivas especialidades dos médicos que o vão examinar. Apenas se sabe que Donald Trump, que é a pessoa mais velha a ser eleita presidente na história dos EUA, terá os seus exames coordenados pelo mesmo doutor que examinou Obama, Dr. Ronny L. Jackson. E se Trump for mesmo o reflexo da saúde com certeza que também se saberá.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site