Futebol

Sérgio Conceição quer vencer Estoril em campo, mas não esquece os regulamentos

"Eu vou preparar a minha equipa para ganhar nos 45 minutos que nos faltam disputar", disse Sérgio Conceição, não deixando de fora a hipótese a uma derrota do Estoril por via dos regulamentos da Liga.

JOSÉ COELHO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, disse esta quinta-feira querer vencer em campo o Estoril-Praia, mas lembrou que “há regulamentos que são para serem cumpridos”, depois da interrupção do encontro da 18.ª jornada da I Liga de futebol.

Na segunda-feira, a segunda parte do encontro entre Estoril-Praia e FC Porto foi adiada, depois de terem sido detetados problemas numa bancada do Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril. O técnico admitiu que a equipa portista queria ter jogado no próprio dia os 45 minutos que faltavam, mas disse que “nesse dia existiram coisas mais importantes do que o próprio jogo”.

Nós treinadores e jogadores temos sempre vontade de jogar, ganhar o jogo, e dar a volta à situação. Queríamos muito ter entrado em campo. Mas há regras e regulamentos que temos que respeitar e não havia, pelos vistos, a segurança ideal. Mais importante do que futebol são as pessoas”, disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Tondela.

Sérgio Conceição explicou ainda que vai preparar a equipa para vencer em campo nos 45 minutos que ainda faltam disputar.

“Eu vou preparar a minha equipa para ganhar nos 45 minutos que nos faltam disputar”, garantiu, não deixando, no entanto, de fora a hipótese a uma derrota do Estoril por via dos regulamentos da Liga de clubes — o artigo 94 prevê a punição do clube visitado com derrota, caso lhe seja imputada responsabilidade por problemas de segurança no recinto desportivo.

Garantindo não saber “nada de regulamentos”, mas diz que, “se existem, são para serem cumpridos, porque só assim é que a verdade desportiva vem ao de cima, mas essas questões o clube saberá tratar”.

“Como treinador quero ganhar dentro das quatro linhas e dar uma resposta diferente do que foram os primeiros 45 minutos. Depois, temos todos o direito de ter a verdade desportiva”, reforçou.

Sérgio Conceição garantiu que a preparação do jogo com o Tondela, da 19.ª jornada, “foi feita exatamente da mesma forma” e que a situação no Estoril “não interferiu em nada”.

“Esperamos um jogo difícil perante uma equipa que nos últimos dois resultados fora conseguiu manter a sua baliza a zero, isso e importante e demonstrativo da qualidade defensiva do Tondela. Vamos ter que assumir a responsabilidade de desbloquear e fazer golos”, afirmou.

O FC Porto desloca-se esta sexta-feira ao reduto do Tondela onde vai disputar, às 21h00 horas, a partida relativa à 19.ª jornada da I Liga de futebol.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site