Beleza e Bem Estar

Depois dos 60? Estes produtos fazem milagres na pele

Porque nunca é tarde para cuidar da pele, saiba como lhe dar um aspeto saudável para que se mantenha fresca e suave nos próximos vinte anos. Ou seja, para chegar aos 80 a parecer que tem 60.

Autor
  • Helena Magalhães

A geração digital pode ser dominada pelos millennial. Mas o lado bom da Internet é que chega cada vez mais a pessoas de várias gerações, o que tem as suas mais valias. E uma delas é a consciencialização dos benefícios dos cuidados de pele que saltou das bloggers da beleza para as mulheres em geral e de todas as idades. Basta-me ir a casa da minha mãe para ficar fascinada com esta mudança. As minhas memórias de infância apenas incluem a água de rosas e o velhinho creme Nivea que via frequentemente na sua prateleira da casa de banho. De uma mulher com uma rotina de beleza tão simples quanto isto, ei-la agora a usar creme de dia, creme de noite, creme de olhos, tónico e toda uma variedade de produtos que vai lendo e comprando para experimentar. Porque nunca é tarde demais para começar a cuidar melhor da pele.

Aos 60 anos, a pele das mulheres muda bem como as suas necessidades. Além da perda de elasticidade que foi sendo cada vez maior ao longo das últimas décadas, a pele agora atingiu o seu estado maduro. E isto diz-nos que precisa de produtos específicos que a vão reabastecer dos nutrientes que perdeu, aumentar a hidratação, melhorar a elasticidade e, como um bónus, atenuar e suavizar as rugas naturais do envelhecimento. Resumindo e concluindo: dar um aspeto saudável à pele para que se mantenha fresca e suave nos próximos vinte anos.

4 coisas importantes a procurar nos produtos de rosto

Produtos com colagénio

O site LiveStrong explica que nesta idade, a pele já tem rugas marcas naturais do envelhecimento porque o corpo já não produz a quantidade colagénio (que ajuda a manter a pele flexível, forte e firme) que produzia noutras idades. Cremes com colagénio vão ajudar a preencher as rugas fazendo com que a pele pareça muito mais firme, ajudando também a melhorar o tom da pele e a rejuvenescer. E este ingrediente pode ser encontrado numa enorme variedade de produtos: cremes de dia, noite, hidratantes, séruns, batons, bases, pós e produtos de limpeza.

Produtos com proteção solar

O protetor solar é o melhor amigo da pele em qualquer idade. E a ideia de que os danos já foram feitos e agora já não vale a pena preocupar-se com isso é totalmente errada. Até porque nesta idade a pele já pode estar fragilizada de todo o sol que apanhou quando era nova e mais proteção, então, ela pede. Um simples protetor solar vai evitar manchas e já pode usar os protetores com cor que, além de protegerem, uniformizam o tom de pele.

Produtos que reforcem barreira protetora da pele

Quando os níveis de estrogénio caem durante a menopausa, a pele deixa de se conseguir proteger, manter a hidratação, vai perdendo lípidos e tudo isso contribui para inflamações, desidratação e uma parca barreira de humidade protetora. É por isso que tantas mulheres, nesta idade, sofrem com pele seca e sensível. A pele pede assim cremes ricos em lípidos e hidratantes bem potentes.

Produtos com retinol

Se todas as mulheres usarem cremes com retinol a partir dos 30 anos, quando chegarem aos 60 terão uma pele muito mais jovem. Mas como quem está a ler este artigo são as mulheres que já têm 60 e, enfim, é impossível regressar atrás no tempo, o site LiveStrong explica que vale a pena usar agora: o retinol é um composto da vitamina A que está cientificamente comprovada que ajuda a neutralizar os radicais livres responsáveis por “quebrar” as células da pele. Esta rutura é o que causa rugas, manchas da idade, pele áspera e outros sinais de envelhecimento. Ao usar produtos com retinol agora, vai estar a proteger a sua pele nos próximos vinte anos – para chegar aos 80 a parecer que tem 60.

Na fotogaleria, reunimos 15 produtos especificamente para mulheres de 60 anos e que vão ajudar a ter uma pele suave, rejuvenescida e saudável.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site