PSD

Hugo Soares mantém-se como líder da bancada do PSD. Mas só por enquanto

Rui Rio vai manter o deputado Hugo Soares, o atual líder de bancada do PSD, em funções. Mas só até ao Congresso do partido, em fevereiro.

HUGO DELGADO/LUSA

Hugo Soares, atual líder da bancada parlamentar do PSD, vai manter-se no cargo — mas só até ao congresso do partido. Segundo um comunicado do partido enviado às redações, Rui Rio entende que, enquanto não for formalmente presidente do partido, “a atual direção da bancada se deve manter na plenitude das suas funções”.

Rio reuniu-se esta segunda-feira, no Porto, com o deputado bracarense Hugo Soares, que apoiou Pedro Santana Lopes, adversário do antigo presidente da câmara municipal do Porto na corrida à liderança do PSD. Rio afirma “quer manter a estabilidade e a capacidade de intervenção do grupo parlamentar”. O mesmo comunicado afirma que Hugo Soares está “concordante com estes objetivos”.

Hugo Soares, questionado esta segunda-feira por jornalistas em Braga no seguimento da notícia que se manteria até ao congresso do partido na liderança da bancada parlamentar, escusou-se a prestar declarações e remeteu todos os comentários para o comunicado. Soares afirmou que, por agora, continuará o trabalho de oposição do partido ao atual governo. “Se disser alguma coisa desviará as atenções do comunicado e a discussão da valorização do conhecimento e valorização às empresas”, afirmou o deputado em declarações a jornalistas quando às prioridades para o trabalho de oposição do PSD na assembleia da república para esta semana.

O Congresso Nacional do partido social democrata, onde Rui Rio tomará formalmente a posse como presidente do partido, está marcado para os dias 16, 17 e 18 de fevereiro. Espera-se, aí, que Hugo Soares deixe o lugar de líder da bancada. O deputado representa agora uma ala expressiva dentro do partido, a ala de Luís Montenegro, que apoiou Santana Lopes e aspira ainda chegar à liderança do partido.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Congresso do PSD

Rui Rio, um novo Presidente?

José Pinto

Mostrar disponibilidade para consensos com os outros partidos parece uma ideia salutar. O problema reside na dúvida sobre a forma como Rui Rio pretende materializar essa ideia. 

Rui Rio

O PSD entrou para o «condomínio»?

Manuel Villaverde Cabral

Por mais que isso pareça inquietar a direcção do PSD, esta só tem como caminho opor-se frontalmente à actual política governamental. O contrário será eleitoralmente inútil e politicamente regressivo. 

Eutanásia

Eutanásia: uma falsa compaixão

João Muñoz de Oliveira

Todos sabemos que a vida não nos pertence por completo: foi-nos dada pelos nossos pais como um dom, pelo que não temos domínio absoluto sobre ela. E este ponto reforça os argumentos contra a eutanásia

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site