Sporting

Bruno de Carvalho diz estar “triste, sozinho, cada vez mais infeliz”

475

Presidente do Sporting publicou um longo "desabafo" no Facebook, depois da derrota no Dragão e dias depois de anunciar que vai levar o seu futuro à próxima AG do clube. A 45 minutos de fazer 46 anos.

JOSÉ COELHO/LUSA

O presidente do Sporting está “triste, sozinho, cada vez mais infeliz” e em causa não estão só os maus resultados da equipa de futebol nos últimos jogos que fez, mas sobretudo as críticas dentro do clube à sua liderança. Num longo post que escreveu no facebook, depois de nova derrota do Sporting — desta vez contra o Porto, na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal — Bruno de Carvalho diz mesmo estar de “alma desfeita” e escreveu-o na rede social a 45 minutos de fazer 46 anos, como o próprio referiu: “Sozinho, na auto-estrada, triste pelo resultado e longe da minha família. Isto é demais…“.

No texto que partilhou, Bruno de Carvalho diz não “perceber o que se passou” para sentir o que sente: “Tanta ingratidão que me faz querer ir embora. Como me fizeram isto? Como se condena e difama as pessoas que dão provas de Amor, Competência, Dedicação, Atitude e Empenho, sem sequer as ouvir?”.

Sobre o jogo que o seu clube perdeu por 1-0, o presidente do Sporting até começa por dizer sentir-se “triste, mas não derrotado… a segunda parte do jogo será em Abril (com uma arbitragem bem melhor de preferência)”. Mas depois revela estar “com a alma desfeita” e questiona: “Como se pode acusar de chantagem, alguém que vive do seu trabalho na SAD, tem 3 filhas e vai nascer a 4a em Março, e põe a sua vida nas mãos dos sportinguistas?”.

Recorde-se que depois da Assembleia-geral do clube no último fim-de-semana e da contestação provocada pela alteração aos estatutos proposta pelo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho ameaçou com a sua demissão suspendendo a reunião. Na passada segunda-feira, acabou por anunciar nova assembleia-geral com três pontos na agenda, um dos quais sobre a continuidade ou não imediata dos órgãos sociais do clube. Ou seja, o seu próprio lugar como presidente.

Mas entre uma coisa e outra, Bruno de Carvalho não resistiu a novo post no facebook para um “desabafo” onde se queixa das reações que foi tendo nos últimos dias, por parte de sportinguistas: “Ouço Déspota, Ditador, Chantagista, Queres ficar para sempre no Clube, Queres a Lei da Rolha, O que fazes é anti-constitucional, Coreano, Labrego… Então, entrego nas mãos dos sócios o futuro da minha vida e sou essas coisas todas?“.

Bruno de Carvalho é presidente do Sporting desde março de 2013 e este não é o primeiro momento em que está no centro de polémica no clube. Ainda assim, foi reeleito presidente há um ano. Agora, vai levar essa decisão à confirmação dos sportinguistas, no dia 17 de fevereiro, e avisa que “o que se está a passar é uma tentativa de assalto ao poder pelos grupos e grupinhos que todos conhecemos do Clube, e eu tenho de sentir a Gratidão e Reconhecimento que não senti, como por exemplo, esta questão dos Estatutos e Regulamento Disciplinar”. No final do post, Bruno de Carvalho desculpa-se pelo “desabafo” e explica-o: “Existem momentos na vida em que chega, e isso não tem timings desportivos ou políticos… Somos genuínos e não podemos perder isso por nada”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site