Madeira

Vento diminuiu e permitiu a aterragem de cinco aviões na Madeira

O vento acalmou e cinco aviões já conseguiram aterrar no Aeroporto Cristiano Ronaldo, na Madeira. Outros cinco voos que estavam marcados para esta quinta-feira permanecem cancelados.

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

A descida da intensidade do vento no aeroporto da Madeira permitiu esta quinta-feira a aterragem de cinco aviões de diferentes destinos, mantendo-se cancelados outros cinco voos, informou fonte da Aeroportos de Portugal (ANA).

“Estão cancelados cinco voos das companhias TAP e Easyjet”, disse a mesma fonte, acrescentando que “as abertas na intensidade do vento permitiram a aterragem de cinco aviões”.

Chegaram ao Aeroporto Cristiano Ronaldo três aviões da companhia Condor provenientes de Munique, Hamburgo e Leipzig, um da British Airways, que estava desde quarta-feira desviado para a ilha do Porto Santo, e um da Jet Time, proveniente de Helsínquia.

Cancelados mantêm-se três voos da TAP vindos de Lisboa e Porto e dois da companhia de baixo custo Easyjet, também dos mesmos destinos.

De acordo com a ANA, prevê-se que as condições atmosféricas na zona do aeroporto se agravem entre as 15:00 e as 18:00, aliás, altura em que acaba o aviso amarelo que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera ainda tem ativo para todo o arquipélago.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site