Alemanha

Airbus multada em 81 milhões na Alemanha por alegado caso de corrupção

114

A empresa fabricante de aviões Airbus foi multada em 81 milhões de euros na sequência de um caso de alegada corrupção relativo à venda de 18 aviões de combate Eurofighter à Áustria.

ERWIN SCHERIAU/EPA

A justiça alemã anunciou esta sexta-feira que aplicou uma multa de 81,25 milhões de euros ao fabricante de aviões europeu Airbus, num caso de alegada corrupção relativo à venda de 18 aviões de combate Eurofighter à Áustria.

A venda foi em 2003 e a multa, “aceite pela empresa”, encerra um inquérito aberto pelo Ministério Público de Munique sobre o caso, refere um comunicado deste.

“O resultado das investigações, iniciadas em 2012, não confirmou as alegações de corrupção”, reagiu a Airbus num outro comunicado.

Se os investigadores não encontraram provas do pagamento de subornos para garantir a atribuição do contrato, o Ministério Público considerou que a Airbus falhou no dever de supervisão ao autorizar a antiga direção a efetuar pagamentos de milhões de euros relacionados com o contrato “para fins não esclarecidos”.

O Ministério Público elogiou a companhia por ter cooperado na investigação e por ter aprovado regras que sugerem “que essas práticas não se repetem”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site