Madeira

Madeira. Gripe levou este mês mais de 700 pessoas aos serviços de saúde

Desde 31 de janeiro foram atendidos 765 utentes com sintomas gripais nos serviços de saúde da Madeira. Neste momento há 17 pessoas internadas nos cuidados intensivos.

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Dezassete pessoas encontram-se internadas com gripe em unidades de saúde da Madeira, estando uma nos cuidados intensivos, informou esta sexta-feira o Serviço de Saúde da região autónoma (SESARAM), realçando que desde 31 de janeiro foram atendidos 765 utentes com sintomas gripais.

“A ativação do Plano de Contingência da Gripe a 31 de janeiro permitiu adequar a resposta dos serviços de saúde à maior procura da população”, disse Regina Rodrigues, do SESARAM, numa conferência de imprensa sobre o ponto da situação da época de gripe 2017/2018, vincando que, do total de casos positivos diagnosticados laboratorialmente, 63 foram de gripe A e 28 de gripe B.

A responsável explicou que desde a ativação do Plano de Contingência da Gripe foram registados 585 atendimentos nos centros de gripe — instalados em três centros de saúde — e 180 no serviço de urgência do Hospital Central do Funchal.

“No dia de hoje temos 17 doentes internados com gripe. Um na unidade de cuidados intensivos. Dois na pediatria. Três no serviço de urgência [do Hospital Central] e 11 na ala de internamento da gripe no Hospital dos Marmeleiros”, esclareceu.

Por outro lado, Bruna Gouveia, vice-presidente do Instituto de Administração da Saúde (IASAUDE), disse que a atividade gripal na Madeira é considerada baixa, tal como ao nível nacional, mas explicou que a tendência decrescente já verificada no continente está atrasada na região, uma vez que se registou uma descida da temperatura mais tardia.

A responsável realçou, porém, que as taxas de vacinação em pessoas com idade igual ou superior a 65 anos atingiu, esta época, um valor superior a 54%, a taxa mais alta de sempre na região autónoma.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site