Benfica

15 minutos à Benfica e (raros) 90 sem Jonas nos golos

Benfica somou o 10.º jogo consecutivo sem perder. Na Liga, os encarnados venceram cinco das seis últimas jornadas. Em Portimão, cedo se viu em vantagem... e isso é comum. Incomum é ver Jonas a zeros.

PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP/Getty Images

Deixou de ser notícias Jonas marcar. Olhando só ao campeonato, o brasileiro fazia-o há oito jogos consecutivos, marcando (desde 9 de dezembro) 10 golos. Notícias, é portanto, Jonas não fazer o que melhor (e mais vezes do que nenhum outro) faz. Mas em Portimão não só ficou a zeros (é apenas a terceira vez que, em 22 jornadas, tal acontece) como ainda saiu lesionado ao minuto 64.

Mas nem tudo foi “incomum” na vitória (1-3) do Benfica. Começou, como tem sido hábito, a vencer bem cedo, nos primeiros 15 minutos — o primeiro golo se Cervi (o baixinho argentino bisou na segunda parte) foi logo ao minuto seis. Ao todo, são 11 encontros em que começou a “todo o gás”. O Sporting começou assim em oito e o Portimonense, adversário desta noite, em sete.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: tpalma@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site