Cocaína

PJ apreende cinco mil doses de cocaína escondidas em nádegas postiças

333

Um homem que transportava cinco mil doses individuais de cocaína escondidas em nádegas postiças foi detido pela PJ no Aeroporto de Lisboa. Indivíduo terá nacionalidade brasileira.

O homem foi detido à chegada no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, um homem proveniente de um país da América Latina por transportar uma “considerável quantidade de cocaína” dentro de umas nádegas postiças. Segundo um comunicado divulgado esta segunda-feira pela PJ, a cocaína “seria suficiente para a composição de pelo menos cinco mil doses individuais”.

O Público refere que a detenção terá ocorrido na semana passada e que, além da cocaína que transportava dentro de uns calções de banho, o indivíduo levava ainda outras doses dentro do organismo, na forma de bolotas.

(Imagens divulgadas pela PJ)

Além do indivíduo que transportava a droga — que, segundo o Público, terá nacionalidade brasileira –, foi ainda detido um segundo indivíduo na Gare do Oriente, que seria “o destinatário final desse produto”, esclarece a PJ. Os dois homens, de 32 e 40 anos, foram presentes a um primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva por suspeitas de tráfico de droga.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site