20 sítios entre Lisboa e o Porto para celebrar o dia de São Valentim à mesa

04 Fevereiro 2018193

Chega aquela altura do ano em que muita gente fica à espera de uma surpresa especial. Saiba onde levar a cara-metade a jantar, mas despache-se a fazer reserva: esgota tudo num instante.

“É um cliché!”, “Ninguém liga a isso!”, “É uma data consumista!” — já todos ouviram (e até disseram, talvez) argumentos deste género quando no calendário se aproxima a data de 14 de fevereiro, o infame Dia dos Namorados. Polémicas à parte, a verdade é que nesta data os restaurantes ficam sempre cheios e muitos deles até propõem menus especiais. Acredite ou não na índole do evento, a verdade é que todas as desculpas para se ir comer fora devem ser aproveitadas. Ora foi com essa ideia em mente que juntámos 20 sugestões (10 em Lisboa e outra dezena no Porto) de espaços que pode visitar, seja para celebrar com a sua pessoa especial ou simplesmente para ir comer bem.

Alma

Rua Anchieta, 15, Lisboa. 213 470 650. Das 12h às 15h e das 19h às 23h30 (fecha segunda-feira). Menu a 120€ (sem bebidas)

Se é um momento especial que procura, este estrelado Michelin poderá ser a escolha certa. O restaurante de proa do chef Henrique Sá Pessoa tem um menu exclusivo (só estará disponível no dia 14) para o dia de São Valentim composto por seis momentos e uns quantos snacks surpresa no início da refeição. A ementa começa com duas propostas de amuse bouche: alho-francês tostado com miso de pinhão e torchon de foie gras com compota de marmelo e brioche torrado. Seguem-se as duas entradas, o tártaro de cavala com ovas de salmão e água de tomate assim como as vieiras com funcho e molho holandês anisado. O prato de peixe será composto por arroz de polvo com azeite de chouriço e coentros, fazendo-se seguir do de carne, que consiste num magret de pato com puré de castanhas, couves de bruxelas e jus de trufas. A pré-sobremesa é uma mistura de iogurte com maracujá assado que se fará seguir por uma composição de framboesa, hibiscus, chocolate e especiarias. Parece-lhe bem? Caso a resposta seja positiva, saiba que este menu está disponível tanto ao almoço como ao jantar mas, em ambos os casos, é preciso reservar lugar.

Pesca

Rua da Escola Politécnica, 27, Lisboa. 213 460 633. Das 12h às 15h e das 19h às 24h (não fecha). Menu de 75€ (mais 35€ com vinhos)

No panorama do fine dinning lisboeta, este restaurante do chef Diogo Noronha é um dos mais recentes protagonistas, tendo inaugurado o seu Pesca no passado mês de setembro de 2017. Mantendo-se fiel aos ideais de sustentabilidade em que assenta este espaço, o chef Diogo propõe um menu especial com cinco momentos e um cocktail. Começando pelas bebidas, logo à chegada vai lhe ser oferecido um Kir Royal de tamarilho das Azenhas do Mar, bebida que se fará seguir por uma seleção de ostras picantes. Terminados os preliminares gastronómicos, começa a refeição em si, com uma mistura de caviar, sapateira, coco e abacate como entrada. Segue-se o lagostim ao vapor com pérolas de alga chlorella e um robalo de mar com mousse de raiz de salsa, boletus e rúcula. O final do espetáculo dá-se com uma sobremesa de amêndoa, chocolate branco, rosas e framboesas. De mencionar que é imperativo reservar lugar antes de aqui aparecer.

Cantina do Village Underground

Village Underground Lisboa, Rua 1º de Maio, 103, Alcântara. 911 115 533. Das 12h às 19h (não fecha; domingo das 11h às 18h; segunda e terça-feira fecha às 18h). Menu de 25€ (sem bebidas)

Uma noite romântica… num autocarro. Parece estranho? Podia ser, caso estivéssemos a fala do 736 para Odivelas, mas não é disso que se trata. A Cantina do Village Underground fica num antigo autocarro de dois andares e é aqui que poderá celebrar o Dia dos Namorados, acompanhado de um menu de quatro pratos que inclui um welcome drink (prosecco com frutos vermelhos) e uma garrafa de vinho por casal. Para entrada há um cesto de pão que é servido com uma tapenade (pasta de azeitonas), um pesto vermelho, manteiga de alcaparras e requeijão com mel e nozes. O prato que se segue é um creme de cenoura com laranja e gengibre que abre alas para umas destas três opções: peito de frango recheado com farinheira e esparregado; gratinado de bacalhau com camarões ou uma empada de legumes estufados com chutney de manga. Para terminar em beleza há um brownie de chocolate com frutos vermelhos e gelado de nata. O espaço — como pode imaginar — é pequeno, só lá cabem seis casais. Tendo isto em conta, apresse-se a reservar lugar.

Mercado

Hotel The Lumiares, Rua São Pedro de Alcântara. 211 160 200. Das 11h30 às 24h (não fecha). Menu de 32€ (sem bebidas)

O chef Miguel Castro Silva é um dos mais conceituados do país e, ultimamente, um dos mais ativos. Durante o ano de 2018 abriu vários espaços novos em Lisboa e um deles é este Mercado, que fica no hotel The Lumiares (onde tem outro restaurante, o Lumini). Num registo mais informal e descontraído encontra uma ementa dedicada em específico ao dia 14 de fevereiro que incluí entradas para dividir, um prato principal e uma sobremesa. No capítulo dos tais petiscos iniciais encontra uma tábua mista de enchidos e queijos, saladinha de bacalhau com grão e pica-pau de lombelo. Depois deste primeiro momento, há uma de quatro opções para prato principal: o clássico bacalhau à Brás, um filete de dourada sobre escabeche ligeiro, o Brás de pato com courgette e cogumelos e uma alheira com espinafres e batata salteada. Nos doces, por muito que possa ser difícil, também terá escolhas a fazer: toucinho do céu com sorvete de framboesa ou bolo de chocolate com gelado de avelã? Sejam quais for as suas escolhas, a verdade é que terá sempre de reservar com antecedência.

Bastardo

International Design Hotel, Rua da Betesga, 3, Lisboa. 213 240 993. Das 12h às 23h (não fecha). Menu de 50€ (75€ com vinhos)

Este carismático restaurante continua a ser um dos favoritos para quem procura um sítio diferente para comer — ou celebrar um dia especial. Como não podia deixar de ser, este Bastardo — tem uma equipa de cozinha renovada — tem uma proposta especial para o dia dos Namorados. À sua espera, se reservar com antecedência, há um menu com cinco momentos onde as hostilidades começam com um amuse bouche de guacamole, atum brazeado, morango e ponzo. Logo de seguida há a entrada, que é uma mistura de tomate, chocolate branco, granizado de vodka e espuma de cardamomo, e depois, o prato de peixe — robalo com couve flor, curd de limão e gengibre. O prato de carne é composto por dois tacos: um de vaca, romã, pimentos habaneros e natas azedas e outro com frango, lima, salsa verde e manga. Termine em beleza com esta gulodice — chocolate negro 80% com hibiscus e framboesa. Bom apetite.

Cave 23

Hotel Torel Palace, Rua Câmara Pestana, 23, Lisboa. 218 298 071 // 934 040 003. Das 17h30 às 24h (fecha segunda-feira e domingo). Menu de 150€ (com bebidas)

Se há nome incontornável na lista de jovens chefs portugueses, o de Bernardo Agrela é um deles. Pode ainda não ter passado muito tempo desde que assumiu a chefia do restaurante do Torel Palace — onde antes brilhou a chef Ana Moura –, mas o jovem cozinheiro já tem o seu estilo bem definido. No próximo dia 14 de fevereiro (este menu também será servido a 13), pode contar com uma aventura irreverente e deliciosa quando aqui vier provar o menu especial de 13 momentos. Tudo começa com um ravioli de nabo com espadarte fumado, sapateira e spirulina. Daí segue-se para a vieira com tapioca verde e alga wakame, que se faz seguir pela terrine de porco e coentros com tuille de côco. Segue-se uma espécie de profiterole salgado (chamado Gourgére) de carapau com tomate assado e queijo de ovelha e, logo a seguir, surge o grande ex libris deste cozinheiro — o donut de vitela estufada com cornichons e caramelo salgado. Uma verdadeira delícia. Este restaurante, no seu funcionamento normal, nunca revela os pratos que vai servir, por isso — e para manter um pouco de suspense, afinal, há quem ache isso sexy — vai ter de descobrir os restantes pratos por sua conta.

Panorama

Hotel Sheraton Lisboa, Rua Latino Coelho, 1, Lisboa. 213 120 000. Das 7h30 às 11h30 (não fecha). Menu de 99,50€ (com vinhos)

Se a ideia de que os olhos também comem for mesmo verdadeira, então o Panorama só pode ser dos sítios em Lisboa onde mais riscos corre de sair completamente empanturrado. Localizado no topo do hotel Sheraton, este restaurante não só tem uma das melhores vistas para a cidade de Lisboa e arredores como também propõe uma ementa especial para os casais que o procurem no próximo dia 14 de fevereiro. O menu é composto por oito momentos e começa com os snacks surpresa do chef, passando logo a seguir para o carpaccio de veado com frutos do bosque e salada com pétalas de rosa, entrada que se faz seguir pelo consommé de cogumelos com ravioli negro de espinafres e abóbora. Passada a fase das entradas, surge o primeiro prato principal, um tamboril cozinhado em baunilha que se faz acompanhar por um puré de espargos brancos, pinhão e bacon de porco preto crocante. Há um granizado de hibiscos e água termal, o limpa palato, e logo depois surge a combinação de magret e foie gras de pato com molho de chocolate branco fumado. Há ainda dois momentos doces: um que engloba morangos do bosque com chantilly e outro com folar de mel, canela, torresmos e gelado de maracujá.

Tasca da Esquina

Rua Domingos Sequeira, 41C, Lisboa. 919 837 255. Das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 23h30 (sábado das 13h às 15h30 e das 19h30 às 23h30 e domingo das 12h30 às 18h). Menu de 42€ (mais 26€ com vinhos)

O chef Vítor Sobral dispensa apresentações, mas nesta sua Tasca da Esquina há um tipo de refeição que muitos podem não conhecer Para lá da opção normal de escolher à carta, há a possibilidade de optar pelo menu “Fique nas mãos do Chef”, uma refeição completa com vários pratos em que o cliente não sabe o que vai comer. A propósito do dia de São Valentim, Sobral preparou uma ementa deste género inspirada no mesmo tipo de refeição, ou seja, se aqui vier (reserve sempre), não saberá quais são os pratos que lhe vão servir, apenas terá a certeza de que serão oito e todos eles foram concebidos com esta data “festiva” em mente. Outra certeza — esta mais absoluta — é que serão sempre de inspiração portuguesa, não fosse o chef um dos seus principais divulgadores/fãs.

Atlântico Bar & Restaurante

Avenida Marginal, 8023, Estoril. 218 291 049. Das 12h30 às 15h30 e das 19h às 23h (não fecha). Menu de 65€ (com bebidas)

O estado do tempo pode não convidar a grandes aventuras beira-mar, mas isso não é nada que um agasalho mais reconfortante não resolva. Se optar por vestir mais uma camisola, antes de ir jantar fora no dia dos Namorados, saiba que no restaurante do hotel Intercontinental Estoril há um menu especial à sua espera. Tudo começa pelas 19h30, altura em que os comensais são recebidos com ostras e um welcome drink. Daí segue-se para a mesa, para se degustar o primeiro prato principal: garoupa no forno com puré de batata doce, molho de citrinos e caril. O prato de carne que se faz seguir é composto por magret de pato com puré de cebola caramelizada, figos e guisado de legumes de Inverno. Para terminar em beleza, conte com um pecaminoso bolo de chocolate branco que é servido com um cremoso de rosas e gelado de lima. Dado o cariz especial da noite, surpresas não vão faltar. Duas delas, mais concretamente, vão ser reveladas durante a refeição — vai ter de lá passar para saber quais são.

Terraço Rui Paula

Hotel Tivoli Liberdade, Avenida da Liberdade, 185, Lisboa. 213 198 640. Das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h30 (não fecha). Menu de 150€ (com bebidas)

O chef nortenho que ganhou uma estrela Michelin na sua Casa de Chá da Boa Nova (em Leça da Palmeira), abriu um espaço em Lisboa, no ano passado, e mora no topo do hotel Tivoli Liberdade, virado para todo o bonito relevo alfacinha. Neste Terraço, há um menu especial de sete momentos que começa com uma seleção de snacks do chef, passando logo a seguir para a entrada, que se chama “A Nossa Versão de Sapateira”. No prato que se segue, o mar continua a ser o elemento dominante, sendo servido um lavagante com molho de chocolate 100%, tupinambo e ar de menta. Segue-se o “Robalo no seu Habitat”, último prato antes de se passar às carnes — chega uma vitelo de leite, boleto, puré trufado e molho de foie gras. A refeição termina com dois momentos doces: uma sobremesa de Maçã e Caramelo e outra com o sugestivo nome “O Chocolate Casou com a Amêndoa”. Quer causar ainda melhor impressão neste date? Então saiba que há um pacote especial promovido pelo hotel onde, para lá da refeição no Terraço está incluída uma noite numa suite e um tratamento completo no SPA — custa 730€ por duas pessoas.

Digby

Hotel Torel AvantGarde Porto, Rua da Restauração, 336, Porto. 222 449 615. Das 11h30 às 00h (não fecha). Menu de 85€ (com bebidas)

É num dos mais recentes hotéis da cidade do Porto, o Torel AvantGarde, que encontra este Digby, um espaço de ar sofisticado que, como não podia deixar de sr, tem uma proposta especial para o próximo dia 14 de fevereiro. Se aqui vier partilhar uma refeição com a sua cara metade, saiba que há um menu fixo de 85€ com seis momentos. Ao chegar vão dar-lhe as boas vindas com um canelone de salmão fumado com “beijinho” de queijo creme, puré de manga, gelado de limão e ar de lima. Daí segue para a entrada, uma refrescante salada de carangueijo com pepino, rabanetes e gelatina de kiwi, e só depois é que chega o primeiro prato principal, o de peixe — chamam-no de “vieira e choco dos nossos mares, brûlée de gengibre e seus rebentos.” A proteína animal mantém-se, se bem que passa a vir de outro animal, o novilho. Chega o momento de devorar um saboroso naco com pêra bêbeda em vinho do Porto, puré de castanhas e crocante de espargos. O momento doce é o que se segue e surge sob a forma de um petit gateau de caramelo salgado com gelado de café e ar de cacau. O facto de este restaurante morar dentro de um hotel faz com que seja possível criar pacots especiais para celebrar a data em grande. Ora foi com isso em mente que criaram os dois pacotes que também poderá escolher: um de 465€ (estadia de uma noite num quarto Executive Superior, jantar no Digby e tratamentos no SPA, tudo para duas pessoas) e outro de 485€ (é igual em todos os aspetos menos no tipo de quarto, este refere-se a uma Suite Superior).

Gull Terace

Cais das Pedras, 15, Porto. 914 300 038. Das 12h às 15h das 20h às 23h (sábado das 13h às 16h e das 20h às 00h; domingo das 13h às 16h e das 20h às 23h). Menu de 35€ (bebidas incluídas)

Fãs de sushi, levantai as mãos no ar! Se estiverem à procura de um jantar romântico de inspiração nipónica, é aqui que o vão encontrar, neste restaurante que já ficou famoso pelo seu impressionante terraço e que tem o chef Antoniel Almeida Junior. À sua espera estará um menu pré-estabelecido com entrada, prato principal, sobremesa e bebidas. Como não convém ter de comer algo que não gosta/não lhe apetece, todos estes momentos vêm com duas opções — escolha aquela que mais lhe convier. Para começar, poder ir para a tempura de camarão ou o tataki de atum; o prato principal pode ser ou um combinado de 18 peças de sushi ou um arroz cremoso de gambas e, para terminar, a sobremesa surpresa. Neste menu estão ainda incluídos um welcome drink e uma seleção de bebidas que vão da sangria de frutos vermelhos aos mais simples vinhos brancos ou tintos.

Casa Branca

Golden Tulip Porto Gaia Hotel & SPA, Rua da Bélgica, 86, Praia de Lavadores. 227 727 400. Menu de 38,50€ (bebidas incluídas)

Há uma qualquer mística romântica envolvida em qualquer coisa que se faça a dois, à beira-mar. Sabendo isso, o restaurante Casa Branca — que pertence ao complexo hoteleiro Golden Tulip Porto Gaia Hotel & SPA — decidiu tomar partido da sua localização geográfica (está mesmo debruçado sobre o oceano) para proporcionar aos seus clientes uma refeição idílica no dia dos Namorados. No total, esta ementa especial está dividida em seis momentos: o primeiro surge assim que entra no Casa Branca, quando lhe servem uma flute de kir royal logo à entrada. Daí partirá para a primeira etapa a que chamam de “Segredos de Afrodite” e que envolve um prato de lâminas de salmão fumado com suas ovas, funcho, manga e malagueta. Daí segue-se para os “Rituais de Eros” que, por outras palavras, remete ao primeiro prato principal, um lombo de dourada de linha com risotto de lima e gengibre. O prato que se segue — “Voto de Minerva” — serve de limpa palato e é composto por um sorbet de caipirinha com hortelã chocolate. Depois dele chega o magret de pato com molho de maracujá e cassis (a chamada “Tentação de Isis”). A experiência chega ao fim com um bolo de chocolate tépido que é servido com creme de avelãs e sorbet de gengibre. Toda esta refeição é acompanhada por música ao vivo.

Sea Life Porto

Rua Particular nº1, Castelo do Queijo, Porto. 226 190 400. Das 10h às 18h (sábado e domingo fecha às 19h). Menu de 79€ (pacote VIP) e 59€ (pacote Romântico)

Ora esta é uma oportunidade que não surge todos os dias. Os gangsters americanos do cinema costumavam ameaçar os seus inimigos de que os punham “a nadar com os peixes”, uma metáfora agradável que mascarava a hipótese de matar alguém através do afogamento. No Sea Life Porto, famoso aquário da Invicta, não é nada disto que lhe vai acontecer — muito pelo contrário –, em vez disso vai poder jantar com os peixes, expressão que de metafórico não tem nada. O que esta empresa propõe é, literalmente, pô-lo a si e ao seu ente querido a desfrutar de uma refeição junto aos enormes tanques onde moram raias, tubarões e outras espécies de animais marinhos. O Sea Life propõe dois pacotes: Um deles, o VIP, inclui uma mesa em lugar priveligiado, um Porto de boas-vindas, a refeição (cuja ementa é surpresa), música ao vivo e um presente. O outro pack, o Romântico, é em tudo semelhante com a excepção de não incluír uma mesa tão bem posicionada como a do outro pacote. A animação musical ficará a cargo de Telma Rodrigues (ex-concorrente do concurso The Voice Portugal 2017) e as reservas devem ser feitas através da internet, aqui.

The Yeatman

Rua do Choupelo, Vila Nova de Gaia. 220 133 100. Das 19h30 às 23h (sábado e domingo das 12h30 às 15h e das 19h30 às 23h). Menu de 240€ (com bebidas, válido para duas pessoas)

Não há como negar: bom vinho joga bem com boa comida. Partindo desta premissa bastante consensual, não é de estranhar que o hotel vínico The Yeatman, nas margens do Douro, tenha um dos melhores restaurantes das redondezas. Partilhando o mesmo nome que a unidade hoteleira onde se encontra, este espaço que é liderado pelo chef Ricardo Costa, recebeu a sua segunda estrela Michelin em 2016, estatuto que até hoje mantém. É precisamente uma refeição deste gabarito que poderá desfrutar se aqui vier jantar no próximo dia 14 de fevereiro. O chef criou um menu especial para a ocasião, inspirado na temática do dia — o amor, entenda-se –, mas só o revela quando estiver sentado à mesa. A única coisa que se sabe é que será uma refeição com três momentos principais (entrada, prato principal e sobremesa) e que inclui bebidas. Se optar por passar a noite no hotel, saiba que o mesmo também tem programas de São Valentim (consulte-os aqui).

DOP

Largo de São Domingos, 18, Porto. 222 014 313. Das 12h30 às 15h e das 19h30 às 23h (segunda-feira das 19h30 às 23h, fecha domingo). Menu de 140€ (com bebidas)

Lembra-se do chef Rui Paula? Falámos dele há umas linhas quando referimos o Restaurante Terraço, em Lisboa. Pois este DOP é outro dos seus restaurante s e fica no seu Norte Natal. Apesar deste ser um dos restaurantes mais (relativamente) descontraído, a ementa especial de dia dos Namorados que aqui encontra é tudo menos simples. Durante esse dia vai poder provar as oito especialidades que este jurado do Master Chef Junior desenvolveu de propósito para esta ocasião. Tudo começa com os snacks: vão lhe servir as bombocas de foie gras e o suspiro de sardinha. Depois surgem as entradas, também elas em dose dupla — há o ceviche de robalo com texturas de milho e “O Porco e a Maçã” –, dando depois lugar ao primeiro prato principal, o de peixe, que é composto por uma mistura de tamboril, aipo e avelã. O prato de carne será um magret de pato com batata-doce e ruibarbo que abrirá alas à pré-sobremesa de iorugte, manga e cardamomo. Tudo termina, claro está, com a sobremesa de chocolate, algodão doce e framboesa. Se tudo isto lhe parecer bem, saiba que convém reservar lugar o quanto antes.

Cozinha dos Lóios

Rua dos Caldeireiros, 28, Porto. 935 198 717. Das 18h às 23h (Sexta e sábado das 12h30 às 15h30 e das 18h às 00h, fecha ao domingo). Menu de 29€ (com bebidas)

É bem perto da Estação de São Bento, mesmo no coração da cidade do Porto, que vai encontrar este restaurante quem tem o chef José Miguel Santos (um ex-professor de matemática que decidiu abraçar a paixão que tinha pela cozinha). A Cozinha dos Lóios abriu portas pela primeira vez em 1985 num registo semelhante ao da típica tasca, mas em 2014 ganhou uma vida nova, depois de extensas obras. Renovções à parte, aquilo que vai encontrar no menu de dia dos Namorados desta casa é um conjunto de quatro pratos que começa com um carpaccio de salmão e vieiras aromatizado com molho lima/limão e um creme de peixe e marisco coberto de massa folhada. Daí parte-se para o aveludado risotto de queijo parmesão com foie gras e rum e, menos de nada, chegará à sobrmesa: uma composição de mousse de chocolate negro com gelatina de baunila e espuma de baunilha. Finalmente resta destacar que cada casal que aqui vier comer terá direito a uma garrafa ou de espumante ou de vinho tinto.

33 Alameda

Alameda de Basílio Teles, 29, Porto. 220 439 620. Das 7h às 10h30, das 12h30 ás 15h e das 19h30 às 23h (não fecha). Menu de 35€ (bebidas incluídas)

Mais uma opção que mora bem no centro histórico da cidade Invicta. Este 33 Alameda faz parte do Hotel Vincci, tem pouco mais de dois anos de funcionamento, mas já é muito bem cotado nos meandros da gastronomia nortenha. Como seria de espera, aqui vai encontrar um menu de dia dos Namorados composto por quatro pratos: a entrada número um será um camarão tigre com puré de couve flor, pickles de beterraba e ar de limão, enquanto a número dois remete a uma tosta de pão brioche com foie gras, morangos e baunilha. No capítulo dos pratos principais aparece um já clássico beef Wellington (naco e novilho envolvido numa duxelles — mistura de cogumelos salteados — e com massa folhada em volta) que vem acompanhado de uma espuma de Queijo da Serra. Finalmnte, para na parte das goluseimas haverá uma mistura de chocolate com Licor Beirão. Convem avisar já que se fizer aqui uma reserva terá de pagar logo a refeição completa.

Champanheria Baixa Bistrô

Rua de Sá da Bandeira, 467, Porto. 223 235 254. Das 12h30 às 00h (sexta e sábado fecha à 1h; domingo das 13h às 00h). Menu de 55€ (com bebidas)

Celebrar um date num sítio que tem a palavra “champagne” no nome: haverá opção mais pertinente? Inaugurado em 2014, esta casa de comida tem uma das salas da refeições mais bonitas/imponentes da cidade — muito por culpa do mezzanine que a divide ao meio horizontalmente — e, claro, também tem uma ementa especial para o dia de São Valentim. O começo é logo em grande, com uma combinação de tártaro e tataki do mar com caviar e mousse de algas. Depois desta golfada de sabor a mar chega um igualmente refinado tornedó de vitela com puré trufado e cogumelos shitake, qu se faz seguir da sobremesa, um pecaminoso ecláir de caramelo salgado com frutos silvestres. Caso já se tenha questionado, a bebida que acompanha esta refeição poderá ser uma destas três: sangria de frutos vermelhos, espumante ou água (sem contar com o café do fim, claro).

Bocca

Rua do Passeio Alegre, 3, Porto. 226 170 004. Das 12h30 às 00h (não fecha). Menu de 50€ (bebidas incluidas)

Atenção: este restaurante não tem nada a ver com aquele que existiu em Lisboa, que tinha o mesmo nome, chegou a ter Alexandre Silva com chef e entretanto fechou. Nada disso. Este espaço está vivo, de boa saúde e não planeia deixar passar ao lado a o dia dos Namorados. De olhos postos no Douro prepare-se para devorar um menu de seis pratos que começa com duas propostas de entrada: um tártaro de alcatra embrulhado em couve galega grelhada e um prato de choco cozido a baixa temperatura e grelhado, que se faz acompanhar de couve flor, shimeji e leche de tigre (não levar esta palavra no seu sentido mais literal — não é realmente leite de tigre mas sim um molho cítrico sul americano). No capítulo dos pratos principais voltam a existir duas sugestões, uma de peixe (lombos de pescada com caldo thai, cogumelos e ceboleto) e outra de carne (barriga de porco bísaro cozinhada por 24 horas com puré de feijão branco, alga wakame em pickle e em emulsão). Para terminar com algo doce há uma ganache de chocolate com crumble de chocolate, favo de mel, gel de toranja e butterscotch e ainda uma mistura de queijo ricotta caseiro com cramelo de soro, crumble de lavanda, biscoito de leitelho e crocnte de espuma de leite.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site