Logo Observador

Explicador

12 questões para perceber a “revolta” dos taxistas contra a Uber

28 Abril 2016215
Ana Pimentel

É a Comissão Europeia que vai regular atividades como a da Uber?

Pergunta 12 de 12

Talvez. De acordo com o que foi avançado por um porta-voz da comissária dos Transportes, Violeta Bulc, estão a ser preparadas orientações sobre o tema que serão disponibilizadas aos Estados-membros. E que soluções de âmbito nacional não serão bem-vindas.

“Respostas precipitadas ou descoordenadas de nível nacional ou local a estes desafios podem criar incertezas legais, fragmentar aquele é que o mercado único e dificultar o crescimento da economia colaborativa na Europa. A posição da Comissão Europeia é esta: estamos a tentar perceber como podemos encorajar o desenvolvimento de serviços novos e inovadores e a utilização temporária de ativos, sem favorecer um modelo de negócio em detrimento de outro”, afirmou ao Observador um porta-voz da comissária dos Transportes, Violeta Bulc.

A Comissão Europeia reconhece que, apesar de este tipo de serviços abrir a porta a um maior leque de escolhas, preços mais baixos e oportunidades de crescimento, também levanta questões importantes relacionadas com os direitos dos consumidores, impostos e legislação laboral.