Explicador

Por que razão o caso Sócrates está para durar?

Setembro 201615 Setembro 2016594
Luís Rosa

O novo prazo de 15 de março pode voltar a ser adiado?

Pergunta 5 de 9

Sim. É a própria procuradora-geral Joana Marques Vidal quem o admite, através do comunicado emitido esta quarta-feira. “Só a título muito excepcional, mediante requerimento fundamentado dos magistrados titulares, poderá ser admitida a possibilidade de prorrogação deste prazo”, lê-se na comunicação.

Contudo, é importante referir que esta possibilidade existe meramente a nível teórico. Será muito difícil para a procuradora-geral gerir um novo adiamento do prazo de conclusão da investigação. Pelas seguintes razões:

  • o novo prazo de 15 de março não foi fixado pelo diretor do DCIAP (Amadeu Guerra) mas sim pela própria Joana Marques Vidal, existindo assim uma co-responsabilização da procuradora-geral;
  • A equipa de 4 magistrados do DCIAP está em regime de exclusividade na Operação Marquês, sendo coadjuvada por mais de 16 inspetores tributários.
  • A fixação de um eventual terceiro prazo de mais 6 meses (o prazo que foi concedido em março e, de novo, esta quarta-feira) faria aumentar a pressão da opinião pública que compreenderia melhor o principal argumento mediático da defesa de José Sócrates: como foi possível prender um ex-primeiro-ministro sem prova consolidada?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site