Explicador

O bê-á-bá da segurança informática (e isto não é só para infoexcluídos)

Janeiro 201714 Janeiro 20171.364
Pedro Esteves

Porque é que a segurança informática é mesmo importante?

Pergunta 1 de 18

Porque aquilo a que se costuma chamar “iliteracia tecnológica” não escolhe idade ou formação académica. O que deveriam ser práticas comuns de segurança informática continuam a ser ignoradas pela maioria das pessoas, incluindo os jovens que cresceram com a tecnologia, pondo em risco não só a sua privacidade, mas a de todos os que o rodeiam.

Os dispositivos que usamos diariamente existem para nos facilitar a vida, mas não podemos confiar neles cegamente. E é errado pensar que os “piratas informáticos” só se interessam por celebridades ou por grandes organizações e empresas. Todos estamos em risco, como nos explicou em outubro passado o diretor do laboratório de privacidade e segurança da Google, Wieland Holfelder, numa visita da imprensa a Munique, Alemanha.

O diretor da Google diz que apenas “há dois tipos de utilizadores: os que foram ‘pirateados’ e os que não sabem que o foram”. É preciso brincar com coisas sérias para espalhar a mensagem. Acima de tudo, defende que “internautas informados fazem a web mais segura”.

Por isso fizemos este Explicador, na tentativa de lhe dar conta de algumas regras fundamentais de segurança. Se não encontrar resposta para a(s) sua(s) dúvida(s), por favor, escreva-nos. Vamos a isso?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site