Crítica de Música

Crítica de Música

The National: as coisas já não são como eram

"Sleep Well Beast" faz-nos ter saudades da paixão que "Alligator" despertou. Muita coisa mudou mas os The National continuam a fazer boa música.
Crítica de Música

Alex Cameron: o charme da decadência

O músico australiano acaba de lançar "Forced Witness" e continua a contar histórias de personagens falhadas, patéticas e até desprezíveis – como somos todos um pouco, mas não gostamos nada de mostrar.
Crítica de Música

LCD Soundsystem: a segunda vida

James Murphy pediu em tempos um "murro na tromba" se decidisse voltar. Mas voltou mesmo, com "American Dream". Não vai salvar ninguém mas é perfeito para quem não acredita em profetas.
Crítica de Música

Everything Everything. Até nos sonhos há febre

O mundo é feio e as pessoas são más. Em "A Fever Dream" o quarteto britânico continua a dizer mal da vida, aos gritos. Se o usarmos como termómetro, podemos dizer que o mercúrio subiu.
Crítica de Música

QOTSA: nem bons, nem maus, estes vilões

Josh Homme admite, enfim, que gosta de dançar e foi buscar Mark Ronson para o novo disco dos Queens of the Stone Age. "Villains" é diferente de tudo o que eles já fizeram em 20 anos de existência.
Crítica de Música

The War on Drugs: assim vale a pena ser miserável

"A Deeper Understanding" é o novo disco de quem combina doses extremas de beleza melódica com o despudorado acesso aos pensamentos mais ingénuos que um ser humano é capaz de colocar a si mesmo.
Crítica de Música

Tribalistas: fazer amor de óculos escuros

Passados 15 anos, a banda de Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown regressa. O novo disco já está no Spotify e é mais do mesmo, para o bem e para o mal. E há uma nova tribalista: Carminho.
Crítica de Música

É malandro? Chico Buarque continua é genial

Podemos ouvir finalmente “Caravanas”, o álbum que criou controvérsia no Brasil mesmo antes de existir. A verdade canta de outra maneira e o melhor letrista brasileiro voltou em grande forma.
Crítica de Música

Grizzly Bear: quanta desgraça bonita

Foram precisos cinco anos para que estes quatro americanos chegassem à conclusão que voltar aos discos era boa ideia. Sem problema: pelo novo "Painted Ruins" valeu a pena esperar.
Crítica de Música

Lana Del Rey já sabe sorrir

Para aqueles que se perderam de Lana Del Rey no início, seja por que motivo for, "Lust For Life" é a melhor tentativa de reconciliação. Ela amadureceu e fez 16 canções que apontam num novo sentido.
Crítica de Música

Arcade Fire: quem tudo quer muito perde

O novo "Everything Now" quer ser uma reflexão sobre as ansiedades do século XXI e é feito de ironia. São campeonatos difíceis e o disco vacila. Mas também acerta, sobretudo ao sábado à noite.
Crítica de Música

Dua Lipa. Vem aí uma nova estrela

A cantora e compositora britânica não é só mais uma cara bonita da pop, Dua Lipa tem um talento nato e está a viver o sonho de poder vir a ser uma estrela.
Crítica de Música

"Drops", um salto de LINCE

"Drops", o EP de estreia do projeto a solo de Sofia Ribeiro, é um disco macio e sem arestas. A fórmula não tem nada de novo, mas nem por isso merece menos atenção.
Crítica de Música

Que luz é esta que ilumina os Fleet Foxes?

Em seis anos muita coisa pode mudar e, no caso dos Fleet Foxes, mudou mesmo. "Crack Up" reúne 11 canções que, se não tivessem números, pareceriam mais. Foi-se a inocência, junto com o refrão.
Crítica de Música

Radiohead: nunca vai ficar tudo OK (e ainda bem)

"OK Computer" faz 20 anos e para os comemorar há "OKNotOK", uma edição especial que junta o álbum original com lados B, raridades e outras pérolas da mesma altura. É tudo perfeito.
Crítica de Música

Luís José Martins. Uma voz “incatalogável”

O guitarrista dos Deolinda estreia-se com um álbum a solo esta sexta-feira, no mesmo dia do concerto de apresentação. Luís José Martins tem coisas para dizer e é um desperdício não as ouvir.
Crítica de Música

As Pega Monstro querem casar e têm um baile indie

Depois de "Alfarroba", Júlia e Maria Reis têm um novo disco. "Casa de Cima" pode parecer rock mais contido, mas é um engano que vem antes da boa tempestade: sete canções feitas a copos e coração.
Crítica de Música

Feist: há sempre maneira de voltar a ter prazer

Quase seis anos depois de "Metals", Leslie Feist tem um novo disco. Chama-se "Pleasure" porque é despido de quase tudo menos de angústia. E isso, na voz da canadiana, é mesmo um prazer.
Crítica de Música

22 anos depois, voltar a mergulhar com os Slowdive

Chegou finalmente “Slowdive”, o disco de uma banda que esperou mais de duas décadas para lançar um novo conjunto de canções. Voltamos ao fundo e em beleza.
Crítica de Música

Sim, Gorillaz. O mundo está a enlouquecer

Brexit, Donald Trump, racismo, aquecimento global. O mundo está a viver uma fase de incógnita. Podemos ficar a chorar em casa. Ou podemos escutar "Humanz" e aproveitar bem o tempo que nos resta.
Crítica de Música

Achas que sabes dançar como os Future Islands?

O novo disco "The Far Field" é tudo o que se esperava deste trio americano. E o sucesso do vocalista Sam Herring enquanto dançarino do electro-love não mudou nada na banda, garante Gerrit Welmers.
Crítica de Música

Os The Gift em busca de uma outra dimensão

Brian Eno ajudou a esculpir "Altar", o novo álbum da banda portuguesa. É um exemplo de escrita pop desenhada ao detalhe mas nem todos os momentos brilham da mesma forma.
Crítica de Música

Father John Misty decide morrer

O músico americano quer obrigar o alter-ego a fazer de Josh Tillman mas no novo álbum é, mais do que nunca, o líder. E nós o rebanho tresmalhado, à espera da homilia no Coliseu de Lisboa, em Novembro.
Crítica de Música

Se o luto tem uma banda sonora, é a isto que soa

Phil Elverum, que assina como Mount Eerie, declama os sentimentos, as memórias e as dúvidas que ficam quando o amor da nossa vida, a mãe da nossa filha pequena, morre, inesperadamente.
Crítica de Música

Jamiroquai. O regresso do jedi do funk

Sete anos depois de "Rock Dust Light Star", Jay Kay e seus fiéis discípulos explicam a que soa o "disco" quando se viaja no hiperespaço. "Automaton" é o novo álbum.
Crítica de Música

Mirror People. Pista de dança, copos e suor

"Bring The Light" é a segunda aventura dos Mirror People, a banda Rui Maia. Segue as pisadas do primeiro álbum, mas é mais difícil. Música disco alternativa para dançar até ser manhã.
Crítica de Música

Longa vida à Duquesa do Norte Litoral

Sete canções feitas de instinto e bom gosto. Nuno Rodrigues, o homem dos Glockenwise, dá-nos mais um disco com as contas todas certas.
Crítica de Música

Roubar canções? Flo e Matthew explicam como se faz

Pegaram em temas de Frank Ocean, Little Wings, Leonard Cohen ou Velvet Underground e regravaram-nos como se fossem deles. Podiam ter estragado tudo mas não, fizeram o contrário. Sorte a nossa.
Crítica de Música

The xx: amor electro

"I See You" é o terceiro e novo álbum dos ingleses. Parece diferente mas não é assim tanto e enquanto descobrimos para que lado vai, já não o largamos.
Crítica de Música

"Nothing's Real": com a desgraça também se dança

O álbum de estreia de Shura é uma boa ilustração da arte que é fazer da pop desgraçada música para dançar. O Pedro Esteves anda há meses com este disco às voltas e explica porquê.
Crítica de Música

Araújo & Zambujo: este duo tem obra feita

É como estar com amigos na sala lá de casa ou à roda da fogueira. Cantam-se modinhas de outrora, velhas canções brasileiras e até, imagine-se, os sucessos dos dois.
Crítica de Música

"My Woman". Nossa senhora Angel Olsen

A americana regressa com tanto de indisciplina como de regras fixas, com um disco tão feminino como sem género, íntimo e de todos, tão rock como pop. "My Woman" é brilhante.
Crítica de Música

"A Moon Shaped Pool": OK Radiohead

Depois de apagarem a internet (a deles) só para poderem regressar com enigmas, os ingleses editaram um novo álbum este domingo. E vale bem a pena todo o tempo que lhe dediquemos.
Crítica de Música

Ganhar tudo em 8 temas? Os Capitão Fausto explicam

Ao terceiro disco, a banda acaba e recomeça outra vez, tudo num brilhante conjunto de oito canções. São os mesmos mas nunca tinham sido assim.
Crítica de Música

Linda Martini: donos da rua, patrões do bairro

"Sirumba", o disco novo da banda, é coisa de miúdos crescidos, que voltam à garagem sempre que é preciso ser puto outra vez. E essa é uma sorte que poucos têm.
Crítica de Música

Todas as ruas à porta dos Deolinda

"Outras Histórias", o quarto álbum do grupo, é o baile de sempre mas com novos passos, vindos de recantos distintos e sempre escolhidos a dedo. Tiago Pereira fez-se à dança.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site