Amílcar Morais Pires

Caso BES

Directores do BES ilibados de inside trading

Estava em causa a compra e venda de ações da EDP durante o processo de oferta pública de subscrição da EDP Renováveis. Morais Pires e José Maria Ricciardi já tinham sido ilibados na fase de inquérito.
Caso BES

Caso BES/GES. A "sã consciência do eng. Bava"

Conheça as razões que levaram a Pharol a processar Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e Pacheco de Melo. Em causa estão os investimentos financeiros da PT no GES, depois da venda da Vivo.
Caso BES

Ex-PT faz queixa contra Deloitte por caso GES

A ex-PT avança com segunda queixa por alegados danos causados com investimento de cerca de 897 milhões de euros em dívida do GES. Desta vez, o alvo é a auditora da operadora: a Deloitte.
Caso BES

Idoneidade de Ricciardi só se põe a partir de 2016

Reavaliação só se verificará no caso de alguma condenação no Banco de Portugal. Regulador entende que responsabilidades são claramente diferentes da dupla Ricardo Salgado/Amílcar Morais Pires.
Crise no GES

MP: Salgado causou prejuízo de 1,8 mil milhões

É a primeira avaliação com relevância criminal dos prejuízos que terão sido provocados pela administração de Ricardo Salgado e que resultará de atos de eventual gestão danosa sob investigação.
Crise no GES

Caso BES. Morais Pires recupera bens

218
Relação de Lisboa anula despacho judicial que permitiu apreensão de bens ao ex-administrador financeiro do BES. Ricardo Salgado e José Manuel Espírito Santo podem beneficiar da decisão.
Caso PT

Queixa Pharol não deverá ser julgada antes de 2017

Conclusão da ação interposta contra ex-presidente e ex-administradores da PT só se verificará entre cinco a sete anos. Excessiva pendência no Tribunal do Comércio de Lisboa explica a demora.
Caso PT

Ex-gestores culpados por revisão da fusão PT/Oi

Pharol, ex-PT SGPS, responsabiliza directamente Henrique Granadeiro, Luís Pacheco de Melo e Amílcar Morais Pires pela perda de valor que os acionistas da PT tiveram com a revisao da fusão PT/Oi
Caso PT

Mau "chefe de família". A queixa contra Granadeiro

280
A nova gestão da Pharol não poupa Granadeiro, Pacheco de Melo e Morais Pires numa ação judicial em que pede uma indemnização que pode superar mil milhões de euros pelos investimentos ruinosos no GES.
Crise no GES

Antiga PT processa Granadeiro, Morais Pires e Pacheco

Pharol coloca primeira ação de responsabilidade e pede indemnização a ex-gestores por perdas que resultem do investimento de 897 milhões de euros feito na Rioforte.
Crise no GES

Ex-responsável do risco do BES acusa Salgado

O ex-responsável pelo risco do BES, Joaquim Goes, diz ao Banco de Portugal que Ricardo Salgado e Morais Pires fizeram "conluio" e esconderam dados sobre emissão de papel comercial da ESI.
Comissão de Inquérito BES

Granadeiro e Salgado combinaram aplicação no GES

Fernando Negrão recebeu duas cartas na Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES: numa, Morais Pires acusa Granadeiro e Salgado. Noutra, Granadeiro pede acareação com Pacheco de Melo.
Crise no GES

Auditoria à PT implica Bava no caso Rioforte

522
Zeinal Bava sabia dos empréstimos que foram feitos à Rioforte e terá combinado as operações com Ricardo Salgado e Henrique Granadeiro. A acusação de Morais Pires surge na auditora da PwC.
Crise no GES

Ricciardi acusa Morais Pires de "camuflar" culpas

José Maria Ricciardi diz que Morais Pires quer "camuflar a sua eventual responsabilidade com afirmações conclusivas" contra o ex-administrador do BES.
Comissão de Inquérito BES

BES. Morais Pires sugere que Ricciardi era o nº 2

A audição do ex-CFO do BES esteve limitada pelo segredo de justiça no caso Eurofin. Morais Pires disse que não era o número 2 do BES. Havia outras pessoas muito importantes, como Ricciardi.
BES

O homem que vai suceder a Ricardo Salgado

Amílcar Morais Pires tem 53 anos, é considerado o braço direito de Salgado e é o responsável pelo pelouro financeiro.
BES

Morais Pires pode ser o próximo líder do BES

Morais Pires já era membro da administração do BES e é a proposta da família para suceder a Salgado. Não é seguro que o Banco de Portugal aceite. Assembleia geral está marcada para dia 31 de julho.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site