Avante!

Festa do Avante

Jerónimo de Sousa discursa na Festa do Avante

310
O secretário-geral do PCP discursa esta sexta-feira no Seixal, na festa que assinala a 'rentrée' política comunista' e dura até domingo, com mais de 200 espetáculos de música, teatro e cinema.
Avante!

Festa do Avante! de olho no Orçamento

A 40.ª edição da Festa do Avante! decorre entre 2 e 4 de setembro e o acordo do PCP com o PS e o Bloco de Esquerda será um dos assuntos discutidos durante os comícios.
Avante!

Xutos & Pontapés e Paulo de Carvalho no Avante

Xutos & Pontapés e Paulo de Carvalho vão juntar-se em palco na 40.ª Festa do Avante!, organizada pelo PCP, que decorre de 2 a 4 de setembro, na Amora, Seixal.
PCP

Avante! especial para os 40 anos da Constituição

273
Prestes a celebrar 40 anos da Constituição, o Partido Comunista anunciou uma sessão cultural em Lisboa e a saída de uma edição especial do Avante!. Jerónimo de Sousa vai participar nas comemorações.
Legislativas 2015

PCP: votar caso a caso (e nem sombra de orçamento)

1.298
Editorial do Avante! perspetiva o PCP fora do Governo, a analisar medida a medida as propostas do PS. Dirigente comunista garantiu hoje que negociações com o PS não passaram pelo 1º orçamento.
Legislativas 2015

Jerónimo: PSD, CDS e PS “amedrontam” povo 

120
Líder do PCP acusou os denominados partidos do "arco da governação" de "amedrontar" o povo com "sondagens", "fabricados empates técnicos", "contas e continhas" para manterem o poder.
Festa do Avante

Avante!: CDU quer mais "força e confiança"

A CDU pretende ganhar este fim de semana mais "força e confiança" para as legislativas, na habitual 'rentrée' política comunista, a 39.ª edição da Festa do "Avante!", no Seixal.
Berlim 25 Anos

Os saudosos do Muro de Berlim

203
25 anos depois da queda do Muro de Berlim e da libertação da Europa de Leste do totalitarismo comunista, o marxismo puro e duro subsiste e prospera no sistema educacional e universitário.
Óbito

As últimas crónicas de Casanova: os opressores

183
O ex-dirigente do jornal Avante! fez do "papel e da caneta" a sua forma de luta contra aqueles que considerava os "opressores de Abril". O Observador relembra aqui algumas das crónicas mais ferozes.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site