Localizado na freguesia de Matosinhos, contíguo à autoestrada A4, este espaço verde fica em área de Reserva Ecológica Nacional (REN). A vereadora do Ambiente da Câmara de Matosinhos, Joana Felício, destacou hoje à Lusa a criação deste parque, que visa colmatar a necessidade de mais espaços verdes na cidade para uma utilização por parte da população.

A ideia da autarquia foi “regularizar as horas que ali existiam, valorizar o espaço e consolidar a área REN enquanto área REN”, disse Joana Felício.

Segundo a vereadora, além dos 36 talhões para hortas biológicas, o espaço conta agora com mobiliário urbano, iluminação, percursos pedonais e um pombal, que vinha sendo pedido à autarquia por uma instituição local de columbofilia.

A requalificação ambiental e paisagística deste parque representou um investimento de mais de 300 mil euros, comparticipado por fundos comunitários, envolvendo a limpeza e novas plantações de espécies.

A Câmara de Matosinhos prevê inaugurar mais dois parques urbanos no concelho, designadamente o Parque Público de S. Mamede Infesta e o Parque Biológico do Monte de S. Brás, em Santa Cruz do Bispo.