São hoje anunciados os vencedores do Vodafone Big Apps, uma iniciativa da marca em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa que pretende encontrar a melhor aplicação para fruir a cidade. Para esse efeito foi instituído um concurso aberto a equipas criativas de modo a que desenvolvam uma aplicação para smartphone capaz de melhorar a experiência de vida em Lisboa. Entre diversos prémios, estão em jogo 30 mil euros, uma semana em Londres e um ano de incubação no Vodafone Power Labs.

A Vodafone espera “exigências crescentes” na área do tráfego de dados e por isso tem a estratégia de promover o desenvolvimento de conteúdos que estimulem ainda mais esse tráfego. É nesse sentido que iniciativas como o BigApps se enquadram: a marca associa-se ao “lançamento de produtos inovadores que satisfaçam com sucesso necessidades das pessoas e que tenham viabilidade económica no mercado.”

Para os promotores, sejam eles criativos ou programadores, é uma oportunidade excelente de mostrar talento e trabalho, chamando a atenção para projetos inovadores que de outra forma poderiam não surgir. E a perspetiva de ganhar apoios para desenvolver os trabalhos é sempre aliciante, pelo que às 16 horas vai haver muita gente a roer as unhas até que os vencedores sejam anunciados.

E é a própria empresa que assume que em Portugal há ainda lacunas nos apoios para estas micro-empresas de inovação, que acabam por arranjar capital no estrangeiro onde há mais meios disponíveis para esta área e mais experiência de negócio digital. Para o evitar lançaram este evento, que foi muito concorrido como se pode ver pela quantidade e qualidade de ideias apresentadas no site — à semelhança de outros eventos nacionais, o objetivo é mesmo estimular ideias e premiar a iniciativa.