O alemão Nico Rosberg, ao volante de um Mercedes, conquistou hoje a “pole position” para o Grande Prémio da Alemanha, 10.ª prova do Mundial de Fórmula 1, numa sessão de qualificação marcada pelo violento acidente de Lewis Hamilton.

O piloto britânico, campeão do Mundo em 2008 e segundo classificado do campeonato de 2014, despistou-se quando circulava a mais de 250 km/h, devido a problema com o sistema de travões, tendo saído do carro visivelmente combalido, mas sem ferimentos graves.

Hamilton disse à sua equipa que estava bem, através do intercomunicador, tendo posteriormente sido levado para o centro médico do circuito alemão, enquanto a qualificação estava interrompida para a remoção do monolugar e para a reparação das barreiras de segurança.

Hamilton vai arrancar para a corrida de domingo do 15.º lugar da grelha de partida, muito longe do colega de equipa na Mercedes, que hoje cumpriu a volta mais rápida ao circuito de Hockenheim, com o tempo de 1.16,540 minutos, à média de 215,135 km/hora.

Rosberg, líder da classificação do Mundial de pilotos, conquistou a quinta “pole position” este ano e a nona na carreira, superando os dois pilotos da Williams-Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas e o brasileiro Felipe Massa, segundo e terceiro classificados.