Música

23 de julho: a data que une Amália Rodrigues, Carlos Paredes e Maria João Pires

134

A memória faz com que as coincidências sejam fáceis de encontrar, mas dificilmente existirá outro dia que cruze três nomes tão importantes na história da música portuguesa, presente e passada.

© Observador

Amália da Piedade Rebordão Rodrigues nasceu a 23 de julho de 1920, completaria hoje 94 anos. Ela foi a Voz de Portugal, a mais reconhecida, a mais importante e continuará a ser uma referência da cultura musical. Sem ela o Fado continuaria a ser uma canção portuguesa, mas dificilmente seria Património Cultural Imaterial da Humanidade. Morreu aos 79 anos, com a mesma idade de um guitarrista com quem cantou.

 

Carlos Paredes morreu há 10 anos. Foi o mestre da guitarra portuguesa, e um dos melhores guitarristas de todos os tempos. Homem reservado e humilde, exigia respeito pela música. Não era raro interromper uma atuação perante os ruídos vindos do público. Esse apreço está inscrito nos discos que nos deixou, na mistura de destreza, rigor e emoção que poucos conseguem. Assumia uma postura curvada sobre a sua guitarra, e para o diálogo talvez contribuísse a sua respiração, perfeitamente audível nas gravações. O que se ouve é um artista e um instrumento em uníssono, um o complemento do outro. Carlos Paredes tinha o dom de fazer a guitarra falar português.

 

Maria João Alexandre Barbosa Pires faz hoje 70 anos. É uma pianista portuguesa reconhecida mundialmente. Prémio Pessoa em 1989, saiu de Portugal para o Brasil em 2006, onde se naturalizou. O seu profundo conhecimento, memória e engenho é por demais conhecido e ficou registado nesta atuação em Amesterdão, onde foi confrontada com uma peça de Mozart de que não estava à espera. É uma intérprete extraordinária e onde quer que esteja ou atue continuará a ser uma porta-voz do talento português.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)