O deputado José Lello, apoiante de António Costa nas eleições primárias no PS, desafia António José Seguro a fazer participação de atos de corrupção ao Ministério Público, na sequência da entrevista que deu à Visão em que falou de “favores e interesses” nos partidos e no Estado.

“O que é isso dos negócios? São negócios corruptos? Se são, incumbe-lhe, a ele, António José Seguro, fazer as competentes denúncias”, escreveu esta quinta-feira no Facebook. “Mais, dizer se durante o seu consulado na direção do PS eles estavam ou não estavam no partido. Surgiram do chão”, questiona.

Lello desafia ainda Seguro a dizer “que o PS rejeita empresários, investidores, gestores, consultores, contabilistas, etc, militantes que exercem atividades legais e éticas”.

Segundo o deputado, Seguro devia fazer “uma campanha pela positiva” e abdicar “deste discurso panfletário dum líder acossado que se vê está em pânico ante a perspetiva cada vez mais credível de perder a 28 de setembro”.