O ciclista português Daniel Silva, que à partida da 76.ª Volta a Portugal era um dos líderes da Rádio Popular-Onda, assumiu hoje que agora não se importa de perder tempo para tentar vencer uma etapa. Questionado sobre se a inclusão na fuga da quinta etapa foi uma tentativa de se redimir da desilusão, Daniel Silva foi bem claro: “exato”. “Ontem, quando vi que não conseguia acompanhar o ritmo dos favoritos, fui tranquilo, abrandei o ritmo para perder tempo. Se tivesse continuado ao meu ritmo, teria perdido um minuto em vez de três”, assumiu à Agência Lusa o sexto classificado da edição de 2013.

O ciclista da Rádio Popular-Onda não queria andar a discutir um lugar de honra — “já fiquei várias vezes no “top 10” — e, por isso, agora não se importa de perder tempo para que os outros favoritos lhe permitam andar em fuga. “Agora, o objetivo é vencer uma etapa”, frisou o 39.º classificado da geral individual, que já está a 13.13 minutos do camisola amarela Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa).