A Coreia do Norte disparou três mísseis de curto alcance para o mar, a partir da sua costa oriental, anunciou o governo sul-coreano pouco depois da chegada do papa Francisco a Seul.

Os lançamentos começaram às 9h30 (1h30 em Lisboa) a partir de uma localização próxima do porto de Wonsan, no leste do país. Os mísseis foram disparados em direção ao Mar do Leste (ou Mar do Japão) à distância de cerca de 220 quilómetros, segundo um porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano.

O papa Francisco chegou esta manhã de quinta-feira a Seul, não muito longe do paralelo 38, que traça a fronteira entre as duas Coreias.

O sumo pontífice deverá celebrar uma missa “pela paz e reconciliação” na península coreana, na catedral de Myeong-dong, em Seul, a 18 de agosto, no quinto dia da sua visita à Coreia do sul.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Representantes da igreja na Coreia do Sul enviaram pedidos para Pyongyang enviar um grupo de católicos para participarem no evento, mas a Coreia do Norte declinou o convite, manifestando a sua oposição com exercícios militares.

O catolicismo, como qualquer outra religião, só é permitido na Coreia do Norte sob apertadas restrições, e dentro dos limites das associações católicas controladas pelo Estado.