Três familiares do Papa Francisco morreram esta terça-feira num acidente de carro na zona de Córdoba, Argentina, avança o jornal argentino Clarín. Trata-se de a mulher e dos dois filhos pequenos de um sobrinho do Papa. Só o sobrinho sobreviveu ao choque, estando no entanto internado em estado grave.

O acidente ocorreu numa estrada da zona de Córdoba, onde a família tinha ido passar o fim de semana, depois de um choque brutal com um camião. Segundo o mesmo jornal, terá sido o carro conduzido por Emanuel Horacio Bergoglio, de 35 anos, filho do irmão de Francisco que embateu no camião quando este saía de uma estação de serviço. Bergoglio conduzia aparentemente dentro dos limites de velocidade.

A mulher tinha 39 anos, enquanto os filhos do casal tinham, respetivamente, oito meses e dois anos. Nenhum sobreviveu ao acidente, tendo morrido no local. De acordo com o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, o Papa recebeu “com grande tristeza e dor” a notícia e pediu para rezar pelos falecidos.