O presidente palestiniano e o líder do Hamas no exílio pediram esta sexta-feira às Nações Unidas para elaborarem um “calendário” que ponha fim à ocupação israelita dos territórios palestinianos, informou a estação estatal do Qatar.

O presidente Mahmud Abbas e o líder do Hamas Khaled Meshaal emitiram este apelo durante as negociações a decorrer em Doha, enquanto continuam os confrontos nos territórios controlados pelo Hamas em Gaza, refere a agência de notícias estatal do Qatar QNA.

Os dois líderes palestinianos – que se encontram hospedados pelo emir do Qatar – têm mantido conversações em Doha desde quinta-feira, mas pouco tem sido tornado público sobre o encontro.

As negociações, no palácio do xeque Tamim bin Hamad al-Thani, ocorreram depois de na terça-feira terem ocorrido confrontos em Gaza, o que levou à interrupção das negociações em curso no Egito.

A agência noticiosa do Qatar acrescentou que Abbas e Meshall têm discutido a “agressão” israelita em Gaza, destacando a importância de uma atuação a todos os níveis para pôr fim ao bloqueio de Israel a Gaza.

Ambos concordaram em pedir à Organização das Nações Unidas (ONU) “uma resolução que defina um calendário para o fim da ocupação israelita e o estabelecimento da independência do Estado palestiniano”.

A agência do Qatar acrescentou que Abbas irá tomar todas as medidas diplomáticas necessárias para obter essa resolução.

Pelo menos 2.092 palestinianos foram mortos em Gaza desde 08 de julho nos piores confrontos entre israelitas e palestinianos desde a intifada de 2000-2005.