Os juros da dívida portuguesa estão esta quinta-feira a subir em todos os prazos, pela segunda sessão consecutiva, depois de terem chegado a renovar novos mínimos históricos a cinco e a dez anos.

Cerca das 9h30 de Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dois anos subiam para 0,791%, acima dos 0,766% da sessão da passada quarta-feira, depois de terem descido até aos 0,664% a 5 de agosto, o valor mais baixo alguma fez registado.

Os juros na maturidade dos cinco anos subiam igualmente no mercado secundário de dívida para 1,697%, contra os 1,681% da sessão anterior.

No prazo a dez anos, os juros negociavam-se a subir para 3,025%, acima dos 3,020% do dia anterior e depois de terem renovado os mínimos na sessão de terça-feira, ao caírem para os 3,001%.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Governo apresenta esta quinta-feira à Assembleia da República e à comunicação social o segundo orçamento retificativo deste ano, que não contempla mais impostos para compensar os ‘chumbos’ recentes do Tribunal Constitucional. Já os juros da dívida soberana da Grécia subiam a cinco e dez anos, respetivamente, os únicos prazos disponíveis, enquanto em Espanha subiam a dois e cinco anos e desciam para mínimos históricos a 10 anos.

Os juros na Irlanda aliviavam a dois anos, subiam a cinco anos e caiam a 10 anos, igualmente para mínimos históricos. Na Itália, os juros negociados no mercado secundário de dívida, subiam a dois e cinco anos, mas caíam para mínimos históricos na maturidade dos 10 anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 9h30 em Lisboa:

2 anos… 5 anos…10 anos

Portugal

28/08……0,791……1,697….3,025

27/08….. 0,766……1,681….3,020

 

Grécia

28/08……n disp…..3,989….5,671

27/08….. n disp…..3,671….5,627

 

Irlanda

28/08……0,025……0,576….1,763

27/08……0,035……0,572….1,767

 

Itália

28/08……0,347……1,109….2,381

27/08……0,344……1,085….2,390

 

Espanha

28/08……0,159……0,861….2,122

27/08……0,130……0,854….2,147

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.