Zeinal Bava vai receber 5,4 milhões de euros, em 36 parcelas de 150 mil euros, como indemnização pelo facto de ter deixado a presidência executiva da Oi, noticia o jornal brasileiro Valor Económico.

“Assumi o projeto da Oi com uma noção muito clara dos desafios futuros da companhia. Não me arrependo. Arrependemo-nos mais das decisões racionais do que das decisões de coração. A minha decisão de assumir a liderança da Oi foi de coração”, disse Zeinal Bava, numa mensagem de despedida enviada aos quadros da empresa, segundo o Jornal de Negócios.

O ex-presidente executivo da Oi recebeu, segundo o jornal brasileiro Valor Económico, 50 milhões euros, entre remunerações e prémios, durante sua trajetória na Portugal Telecom e o processo de fusão com a Oi.