O novo secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário toma posse esta tarde, no Palácio de Belém, em Lisboa. Fernando Egídio Reis, o novo secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, é professor de História, foi adjunto de Nuno Crato, nos primeiros meses de mandato, e encontrava-se agora à frente da Direção-Geral da Educação.

João Grancho apresentou a demissão, invocando motivos de ordem pessoal, o que foi aceite pelo ministro da Educação, Nuno Crato. A demissão surgiu no dia em que o jornal Público noticiou que João Grancho, em 2007, e enquanto presidente da Associação Nacional de Professores (ANP), plagiou textos produzidos por autores académicos sobre temas como deontologia profissional e formação inicial de professores, dos quais retirou extratos para usar num texto, sem citar os autores, que terá estado na base da sua intervenção num seminário que decorreu em Múrcia, Espanha, dedicado ao tema “A dimensão moral da profissão docente”.