Quatro designers norte-americanas quiserem dar um toque artístico ao sexting – troca de conteúdos de cariz sexual através de dispositivos móveis. Os Flirtmoji são Emoji sexy – bonecos utilizados nas mensagens de smartphones e redes sociais que pretendem reproduzir comportamentos ou estados de espírito. Quem é que ainda não viu ou recebeu um coração pelo Facebook? Com os ícones desenhados pela empresa californiana, agora também pode cortar nas palavras quando quiser ser mais atrevido/a.

Os Flirtmoji são Emojy que se podem copiar, colar e enviar por sms. Para quem estiver envolvido numa relação sexual ou apenas em clima de flirt. Katy McCarthy, uma das artistas responsável pelo desenho dos bonecos, explicou, em entrevista à The Verge, que a ideia surgiu a propósito da relação à distancia que um amigo mantinha com a namorada.”Percebemos que tínhamos de fazer isto, desenhar o sexo enquanto ícone, e torná-lo compreensivo, divertido, e diversificado”, disse.

O objetivo é o de que todas as pessoas se sintam sexualmente representadas e confortáveis em relação às várias partes do corpo que estão desenhadas, explicou a artista. Por isso, convidaram várias pessoas para verem os desenhos e darem a sua opinião. “Não é suposto que seja uma espécie de humor colegial, mas parte de ser inclusivo passa por tornar [o assunto] divertido. Não é assim tão difícil fazer com que toda a gente se sinta representado”, acrescentou.

Por considerar que existe um estigma quando o assunto é sexting, conta que preferiram manter o termo flirt no nome do projeto, para que se mantenha leve e divertido. Katy McCarthy adiantou que as pessoas que ficam ofendidas com alguns tipos de sexualidade não a preocupam.

“O que torna o sexo bom é uma boa comunicação. Por isso, acho que tudo o que te pode ajudar a comunicar o que se quer ou precisa – ou o que não se quer ou não precisa -, está bom”, disse a artista californiana.

Os Flirtmoji não estão disponíveis nas lojas virtuais para app, como a App Store. Para poderem utilizar os ícones, os utilizadores têm de aceder ao site do projeto, copiar o desenho, colocá-lo na mensagem que querem enviar ou guardá-lo no arquivo de imagens do smartphone.

“Eu quero que as pessoas vejam. Quero que as pessoas troquem conteúdos de ‘sexting’. Quero que as pessoas tenham conversas mais francas”, disse Katy McCarthy.

Alguns desenhos são grátis, mas existem coleções que custam 0,99 dólares, ou seja, cerca de 80 cêntimos.