O consumo de gasóleo cresceu 9,7% no último mês do ano, face a dezembro de 2013. Os dados revelados esta segunda-feira pela Entidade Nacional do Mercado dos Combustíveis (ENMC) confirmam o crescimento da procura de combustíveis em todos os segmentos. Até a gasolina 95 registou um aumento de vendas que foi de 3,8% face a dezembro do ano anterior.

As vendas dos dois principais combustíveis rodoviários subiram 8,5% no último mês do ano, o que representa uma evolução inédita nos últimos seis anos em que o mercado tem estado em recessão. O jet usado na aviação cresceu 16% no último mês do ano. Dezembro é um mês importante para o negócio de combustíveis, com muitas viagens de particulares por causa do natal e ano novo.

O período de festas coincidiu com uma descida acentuada dos preços dos combustíveis, na sequência da desvalorização do petróleo, o que terá contribuído de forma determinante para esta recuperação no consumo. O fenómeno poderá estender-se por este mês, embora janeiro seja um mês de menor procura. O petróleo caiu abaixo dos 50 dólares por barril já no primeiro mês de 2015.

Apesar de o gasóleo ser o combustível do transporte de mercadorias, estando por isso muito associado ao ciclo económico, também é cada vez mais usado por automóveis particulares. Este combustível representa já mais de dois terços do total das vendas.

Considerando as vendas anuais, o mercado dos combustíveis rodoviários fechou 2014 com um balanço positivo de quase 1%, graças ao crescimento de 1,2% nas vendas de gasóleo. A procura de gasolina recuou 1,6%.