A polícia de Baltimore, nos Estados Unidos da América, prendeu este domingo 34 pessoas e seis polícias ficaram feridos quando os protestos, depois da morte de um jovem negro sob custódia policial, se tornaram violentos, anunciou aquela força policial.

“Um pequeno grupo de manifestantes causou distúrbios na baixa e na zona ocidental de Baltimore na noite de sábado e manhã de hoje, depois dos protestos pacíficos que se realizaram ao longo do dia. Cerca de 34 pessoas foram detidas e seis agentes ficaram com ferimentos ligeiros”, afirmou o porta-voz da polícia de Baltiome, Jeremy Silbert, citado pela Agência France Presse.

Mais de mil pessoas juntaram-se numa manifestação pacífica, na cidade de Baltimore, para exigirem justiça para Freddie Gray que morreu no passado domingo com lesões na coluna vertebral, uma semana após ter sido detido na empobrecida na zona oeste.

Mas a situação mudou dramaticamente quando vários manifestantes se dirigiram para o estádio de baseball Camden Yards, uma hora antes do jogo dos Red Sox Baltimore Orioles-Boston.

Imagens televisivas do local e captadas por helicópteros mostram dezenas de jovens a arremessar garrafas e lixo contra os elementos policiais junto ao museu Sports Legends (Legendas do Desporto) e das bilheteiras.

Gray morreu no passado domingo com 80 por cento da sua coluna vertebral junto ao pescoço, disseram os advogados da família.

O funeral está marcado para segunda-feira.