A cidade de Viena (Áustria) está a preparar-se para receber a edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção, ostentando dezenas de semáforos cujos sinais luminosos têm casais gay. No centro da capital austríaca alguns semáforos vermelhos e verdes foram programados para mostrarem casais gay, masculinos e femininos, com corações.

Segundo declarações da porta-voz do departamento de iluminação de Viena à Reuters, a iniciativa pretende apresentar Viena como uma cidade sem preconceitos, enquanto fomenta a segurança no trânsito, captando a atenção dos condutores e peões com símbolos pouco habituais.

A cidade de Viena vai depois recolher dados que demonstrem se a iniciativa contribui (ou não) para a segurança no trânsito, acrescentou a porta-voz à Reuters.

O Festival Eurovisão da Canção, que já conta com 59 edições, há muito que apoia a causa gay.

Conchita Wurst, a representante transgénero austríaca vencedora da última edição do Festival da Eurovisão com a canção “Rise like a Phoenix”, tornou-se imediatamente num ícone mundial da comunidade gay e contribuiu para a consciencialização da identidade de género, usando uma barba sob uma aparência feminina.

Este ano, a final de Viena será no dia 23 de maio e espera-se a participação de 40 países no festival.