A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou na quinta-feira que concluiu o segundo pagamento antecipado do empréstimo que Portugal contraiu junto do Fundo Monetário Internacional (FMI). O pagamento foi executado a 18 de junho e diz respeito a 1,471 mil milhões de euros, o que equivale a 8,25% do empréstimo remanescente.

Os reembolsos correspondem às amortizações de capital devidas entre novembro de 2007 e abril de 2018, sendo que até à data Portugal já amortizou 6,579 mil milhões de euros, equivalentes a 28,7% dos 22,942 mil milhões de euros que o FMI emprestou a Portugal.

O empréstimo realizado pelo FMI a Portugal é realizado em Direitos de Saque Especiais (SDR, sigla em inglês). Em março de 2015, Portugal concluiu o primeiro pagamento antecipado no valor de 6,6 mil milhões de euros: quase um quarto do empréstimo.