Hoje, o wareztuga.tv chega ao fim. É uma decisão extremamente difícil para todos nós, mais do que a maioria poderá sequer imaginar, mas o nosso trabalho atingiu patamares de popularidade tão altos, que se tornou absolutamente impossível continuar a lutar e a gerir um projecto de tamanha dimensão.

Sucumbiram ao próprio peso. Esta sexta-feira o site pirata mais popular do país fechou a janela, anunciou a equipa em comunicado —  foi nisso que a página de chegada wareztuga.tv se tornou, uma declaração. Não avançaram números mas reclamam ter crescido demais e de ter sofrido, ao longo de quatro anos, “ameaças por parte das mais diversas entidades nacionais e internacionais, dificuldades técnicas, encerramento de servidores, bloqueios, eliminação de conteúdos, etc.”

Defendiam o “enriquecimento cultural”, ao disponibilizar na internet por streaming filmes e séries legendados em português. Ou seja, os utilizadores poupavam tempo e espaço no disco rígido, porque ao contrário dos “torrent” — que precisam de ser descarregados para o computador — o wareztuga.tv disponibilizava os conteúdos num modelo semelhante ao do YouTube. Os utilizadores tinham acesso às séries televisivas e a muitos filmes antes de eles chegarem às televisões ou às salas de cinema – e os seus gestores ganhavam com a publicidade vendida na página.

“No final, temos o orgulho de poder afirmar que hoje fechamos o wareztuga.tv por vontade própria e fomos aqueles que mais tempo resistiram, apesar de todas as pressões exteriores para que o contrário sucedesse.” O wareztuga.tv chegou ao fim, mas continua a render: clicar nele continua a ativar janelas (pop-ups) de publicidade.