O Governo aprovou a passagem à fase de negociações da proposta do grupo francês Alstom no processo de privatização da EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, deixando pelo caminho a proposta da alemã Bavaria.

“Apesar do processo de reprivatização da EMEF ter motivado o interesse por parte de 11 potenciais investidores, apenas a proposta apresentada pela Alstom Transport Holdings, B.V., reúne condições de base para o cumprimento das exigências do caderno de encargos”, anunciou hoje o Governo, em comunicado, na sequência do Conselho de Ministros.

No dia 30 de junho, prazo limite para a entrega de propostas à alienação da EMEF, a CP recebeu duas propostas no âmbito da alienação da empresa de manutenção: da francesa Alstom e da alemã Bavaria.

O grupo francês Alstom, criador do TGV, é um dos principais construtores de comboios do mundo.