As incursões dos drones norte-americanos continuam a causar baixas na liderança do autoproclamado Estado Islâmico. Hafiz Saeed, antigo líder dos talibã e que atualmente fazia parte do ISIS, terá sido morto esta noite com mais 30 operacionais no leste do Afeganistão.

As mortes foram confirmadas pelo serviços secretos do Afeganistão. “Como resultado das informações da agência, a localização dos guerrilheiros do ISIS foi encontrada e a informação foi partilhada com as forças da coligação internacional que procedeu a um ataque aéreo na região”, explicou esta autoridade afegã em comunicado.

Há outro homem chamado Hafiz Mohammed Saeed, que também é procurado pelas autoridades e tem um prémio de captura de 10 milhões de dólares. Este homem é líder de um partido no Paquistão, o partido da Verdade, considerado uma organização terrorista.