Um doador anónimo ofereceu um milhão de dólares [700 mil euros] de recompensa a quem disponha de informação credível que possa ajudar a recuperar o par de sapatos de cor ruby que Judy Garland usou no filme O Feiticeiro de Oz. Os sapatos foram roubados de um museu de homenagem à atriz localizado na sua cidade natal, no estado norte-americano do Minnesota.

Existem três outros pares de sapatos, um dos quais está em exposição na Smithsonian Institution, em Washington. De acordo com John Kelsch, diretor executivo do Museu Judy Garland, em Grand Rapids, a oferta de recompensa vem de alguém que habita no Arizona e é um grande fã da atriz e do filme, lançado em 1939. A oferta requer, em contrapartida, informação sobre o paradeiro do par de sapatos e o nome do autor do furto.

O décimo aniversário do desaparecimento dos sapatos “celebra-se” em agosto de 2015. Estavam segurados por um milhão de euros, mas Kelsch afirmou que podem valer agora entre dois e três milhões de dólares.