O Governo colombiano e a guerrilha das FARC chegaram a um acordo para a redução da escalada do conflito, quando se assiste a recrudescimento dos combates, nas últimas semanas, anunciaram os mediadores das negociações de paz em Havana.

O Governo de Bogotá a partir do dia 20 de julho, “inicia um processo de redução das ações militares e em contrapartida as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) suspendem as ações ofensivas”, anunciaram aos jornalistas os diplomatas norueguês e cubano Dag Nylander e Rodolfo Benitez, cujos países acompanham as negociações de paz que se realizam desde novembro de 2012, em Cuba.

As duas partes “decidiram fazer todos os esforços para alcançar, sem demora, a assinatura de um acordo final” e definir “sem demora os termos de cessar-fogo bilateral e definitivo”, acrescentaram os diplomatas.