Uma pessoas morreu e seis ficaram feridas em confrontos entre a população e agentes da Polícia da República de Moçambique, no distrito de Nhamatanda, província de Sofala, centro do país, informou hoje a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Segundo a AIM, os distúrbios começaram quando a população arremessou pedras contra a polícia por esta não ter permitido que um homem suspeito de prática de crimes no distrito fosse linchado.

Os populares tentaram tirar o suspeito da custódia policial, quando estava a ser escoltado a pé pelos agentes da lei e ordem, tendo estes disparado balas verdadeiras para dispersar as pessoas, refere a agência.

Cinco dos seis feridos encontram-se internados em tratamento hospitalar, entre os quais uma mulher que teve de ser transferida para o Hospital Central da Beira, a maior unidade sanitária da região centro de Moçambique.

Em Moçambique, são frequentes mortes de civis devido ao uso excessivo da força pela polícia, que é muitas vezes acusada de praticar execuções sumárias contra suspeitos de prática de crimes.