O papa Francisco pediu “benevolência divina” para Cabo Verde para que, através dela, se possa “consolidar a esperança e alegria de viver” em “harmonia e bem-estar de todos” os cabo-verdianos, noticia esta terça-feira a imprensa cabo-verdiana.

Segundo a edição “online” do semanário Expresso das Ilhas, a mensagem, dirigida ao presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, foi enviada domingo após a visita que o Sumo Pontífice efetuou à América do Sul e foi também endereçada a todos os países sobrevoados durante a viagem – Bolívia, Brasil, Marrocos, Espanha e Itália.

“No regresso da minha visita ao Equador, Bolívia e Paraguai, que vi animados de ardente fé cristã e firme vontade de progresso na justiça, aproveito a travessia aérea de Cabo Verde para saudar Vossa Excelência, formulando cordiais votos para a sua pessoa e para a inteira Nação, sobre a qual invoco benevolência divina para que seja consolidada nela a esperança e alegria de viver na harmonia e bem-estar de todos os seus filhos”, escreve Francisco na mensagem.