O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, afirmou esta sexta-feira que quer que as exportações portuguesas ultrapassem os 50% do PIB em 2020, situando-se nos 46% em 2017, permitindo atingir níveis semelhantes aos de países europeus da mesma dimensão.

“Em 2009, o peso das exportações no produto (PIB) era apenas de 29%, em 2014 ultrapassou os 40%, mas nós queremos alcançar até 2020 uma meta superior a 50%, com 46% até final de 2017, o que nos colocará em níveis semelhantes aos de outros países europeus da nossa dimensão”, afirmou o primeiro-ministro, perante uma plateia de empresários portugueses e moçambicanos.

O primeiro-ministro discursava durante a sessão de abertura do fórum de negócios Moçambique – Portugal, que decorreu esta sexta-feira de manhã na sede da Caixa Geral de Depósitos, em Lisboa.

Na sessão de abertura intervieram também o Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, o presidente da Aicep Portugal Global, Miguel Frasquilho e o presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), Rogério Manuel.