A Câmara de Cascais vai comprar o autódromo do Estoril ao Estado português por 4,92 milhões de euros, avança o DN este domingo. A decisão será ratificada segunda-feira em reunião de câmara.

“Cascais já é o quarto destino turístico nacional. Para lá de qualquer dúvida, com a dinamização do autódromo estamos a reforçar os nossos índices de atratividade turística”, explicou ao jornal o presidente da autarquia, Carlos Carreiras, acrescentando: “Depois de fechar o processo de revisão do Plano Diretor Municipal, estamos a entrar numa nova fase de desenvolvimento do concelho assente num pacote de investimento de cerca de 80 milhões de euros. Parte desse investimento é dedicado à regeneração e recuperação de património municipal ou de património do Estado, que está a passar para a propriedade do município. É este o caso do autódromo do Estoril”.

O objetivo de Carreiras é que o autódromo venha a ser usado para testes de início de temporada da Fórmula 1, a prova Moto GP, o Campeonato do Mundo de FIA GT, o European Le Mans Series ou o Campeonato de Espanha de GT e de Fórmula 3.