Mais de dez mil milhões de dólares é quanto valerá Donald Trump, o empresário e candidato às primárias republicanas que espera vir a ser o próximo Presidente dos Estados Unidos. Na informação financeira que foi obrigado a divulgar, o império de ‘The Donald’, como o próprio gosta que lhe chamem, lista ainda investimentos em 515 empresas que lhe fazem chegar lucros de todo o lado, até de carrosséis.

Hoteis Trump, campos de golfe Trump, água engarrafada Trump, Carrossel Trump e até um ringue para patinagem no gelo Trump. O nome de Donald Trump está um pouco por todo o mundo e embora nem tudo seja completamente seu, certo é que de praticamente tudo lhe chega dinheiro.

Nas 92 páginas de informação financeira (documento completo aqui) que foi obrigado a divulgar à Comissão Federal de Eleições dos Estados Unidos, por ser candidato às primárias republicanas e potencial candidato a Presidente dos Estados Unidos em 2016, ‘The Donald’ apresenta uma lista de 515 empresas onde tinha investimentos até ao ano passado.

Só até à data ainda conta com 483 investimentos, incluindo o salário de 14 mil dólares do seu programa The Apprentice e uma pensão por esse trabalho que lhe terá rendido 110 mil dólares o ano passado. Para além destes dois rendimentos, a sua produtora ganhou ainda mais 4 milhões com o programa no ano passado.

A informação conhecida esta quarta-feira permite ainda perceber algumas particularidades dos negócios de Trump. Por exemplo, nem todos os edifícios a que dá nome são seus, mas recebe receitas pelo seu licenciamento. Há ainda empresas mais curiosas, como uma de bebidas apenas para o mercado israelita, ao qual vende vodka com o nome Trump e bebidas energéticas.

‘The Donald’ parece ser tão criativo nos seus negócios como o é polémico nas declarações – e que muitos puxões de orelhas lhe têm valido – e entre os seus rendimentos contou ainda com 550 mil dólares pela gestão do carrossel do Central Park, em Nova Iorque e outros 8,6 milhões de dólares pelo ringue de patinagem no gelo no mesmo local, cena de muitos filmes e de muitos postais que os turistas levam para casa.

Vinhos, correios, jatos privados, livros, casinos, campos de golfe, hotéis, restaurantes. Trump tem de tudo em muito e em quase todos os cantos do mundo, dos EUA, ao Azerbaijão, China, Brasil, Panamá, Egito, Qatar, Escócia, Dubai, Porto Rico, Índia…