As autoridades norte-americanas apreenderam um “narco-submarino” carregado com oito toneladas de cocaína ao largo de El Salvador, adianta o Business Insider. A apreensão, levada a cabo pelo Exército norte-americano em conjunto com a Guarda Costeira e com o Gabinete de Proteção de Fronteiras, aconteceu no dia 18 de julho.

No interior do submarino, para além das oito toneladas de cocaína, estavam também quatro indivíduos, que foram detidos pelas autoridades. A apreensão fez parte da Operação “Martillo” (“martelo”, em espanhol), que junta 15 países no combate contra o tráfico de droga nas águas da América Central, refere o Washington Times.

“As nossas parcerias e a nossa capacidade de rastreio permitem-nos interditar os navios perigosos antes que eles cheguem às nossas fronteiras costeiras”, disse Jacksonville Robert Blanchard, diretor do Centro Nacional de Operações de Segurança Aérea.

“As nossas tripulações aéreas extremamente eficientes e experientes estão profundamente comprometidas com a proteção das fronteiras marítimas dos Estados Unidos contra todas as ameaças, incluindo aquelas provocadas pelas organizações de tráfico de droga”, acrescentou o diretor.

Os “narco-submarinos” são navios construídos artesanalmente pelos traficantes para transportar grandes quantidades de droga. O primeiro submarino deste género foi detetado em 1993 e era feito de madeira e fibra de vidro.