O último edifício do conjunto de seis que compõe o Messner Mountain Museum (MMM) abriu esta quinta-feira, pondo termo ao projeto da arquiteta Zaha Hadid e do atleta Reinhold Messner, o primeiro homem a chegar ao topo do Monte Evereste sem recurso a oxigénio suplementar.

O MMM Corones foi erguido a 2275 metros de altura em Kronplatz (Alpes), oferecendo aos visitantes uma vista sobre as Dolomitas, no norte italiano. É neste museu que está armazenada a história do montanhismo alpino e a experiência de Reinhold Messner na “suprema disciplina de montanha”. Para testemunhar os feitos do alpinista italiano estão fotografias, objetos e ferramentas que o próprio usou nas suas aventuras, conta o Telegraph.

Zaha Hadid desenhou o edifício de modo a estar em perfeito equilíbrio com a montanha. Apenas a entrada para o MMM Corones está em cima da rocha: todas as outras salas, dispostas em três andares, estão debaixo de solo e as escadas que as relacionam foram inspiradas em cascatas e quedas de água. E como não podia deixar de ser, é energicamente sustentável e utiliza alternativas renováveis.

Existem outros cinco edifícios para visitar.