A Reserva Federal dos Estados Unidos disse esta sexta-feira que divulgou por engano as projeções para as taxas de juro e para a economia no mês passado, quando estas projeções são divulgadas, juntamente com as minutas do comité que toma as decisões sobre as taxas de juro, com cinco anos de atraso.

Num comunicado publicado esta sexta-feira, o banco central norte-americano explicou que foram divulgados a 29 de junho num site público os documentos relativos às projeções internas da Reserva Federal preparadas para a reunião de 16 e 17 de junho.

O anúncio surge numa altura em que a Reserva Federal tem sido muito criticada pelo Congresso dos Estados Unidos pela sua incapacidade de proteger informação confidencial. Já em 2013, um membro da Reserva Federal que faz a ligação com o Congresso divulgou por engano, 19 horas antes da data prevista, as minutas de uma das reuniões da Reserva Federal. O email foi enviado mais de 100 pessoas, entre elas lobistas de bancos e membros das equipas dos congressistas.

“Lamentavelmente, parece, mais uma vez, que não existem controlos internos próprios a funcionar para salvaguardar informação confidencial da Reserva Federal”, afirmou o republicano Jeb Hensarling.