Uma notícia importante, segundo Obama

"This is big". Foi assim que o presidente dos EUA partilhou no Facebook a notícia de que 13 empresas, incluindo a Apple e a Google, vão investir 126 mil milhões no combate às alterações climáticas.

i

Barack Obama recorreu à conta oficial de Facebook para partilhar a notícia de que várias grandes empresas norte-americanas vão investir milhões na redução da pegada de carbono.

Win McNamee/Getty Images

Barack Obama recorreu à conta oficial de Facebook para partilhar a notícia de que várias grandes empresas norte-americanas vão investir milhões na redução da pegada de carbono.

Win McNamee/Getty Images

Isto é importante. Não somos nós a dizê-lo, foi Barack Obama quem, antes, o disse. Ou escreveu. “This is big”, digitou o presidente dos EUA, no Facebook, rede social que escolheu para partilhar a notícia que gostou de ler: várias empresas norte-americanas vão, em conjunto, investir mais de 126 mil milhões de euros em medidas para reduzir a sua pegada de carbono no planeta. E entre elas há gigantes como a Apple, a Google e a Microsoft.

A novidade foi avançada pelo Wall Street Journal, apesar de Obama ter antes partilhado o texto do International Business Times — talvez por, ao contrário do WSJ, ser de acesso livre aos leitores. Qualquer que seja a versão, a notícia dá conta das 13 empresas que, esta segunda-feira, vão à Casa Branca, em Washington, para anunciarem o investimento. Além das três já mencionadas, as outras nove entidades são: Bank of America, General Motors, Cargill, Alcoa, Wal-Mart, United Parcel Service, Coca-Cola e PepsiCo.

This is big. http://ofa.bo/a4zG

Posted by Barack Obama on Monday, 27 July 2015

Os 126 mil milhões de euros serão utilizados para reduzir as emissões de dióxido de carbono, financiar empresas que atuem no setor ambiental, cortar no consumo de água e produzir cerca de 1.600 megawatts de energia — quantidade, escreve o IBTimes, que deverá ser suficiente para alimentar perto de 1,3 milhões de lares nos EUA.

A administração de Barack Obama, aliás, pretende que mais empresas sigam este exemplo para, até ao final do ano, anunciar um pacote semelhante de investimento vindo do setor privado norte-americano. “À medida que o mundo se aproxima das negociações em Paris, em dezembro, a liderança norte-americana será essencial a todos os níveis”, escreve, num comunicado a Casa Branca, referindo-se à cimeira das Nações Unidas para as Alterações Climáticas que decorrerá, de 30 de novembro a 11 de dezembro, na capital francesa.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.